Prefeitura de Tauá

terça-feira, 24 de maio de 2022

CPI das Associações Militares visita as instalações da APS e ASSOF




A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) das Associações Militares da Assembleia Legislativa (Alece) visitou, na manhã desta terça-feira (24/05), as instalações da Associação dos Profissionais da Segurança (APS) e a sede administrativa da Associação dos Oficiais da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Ceará (Assof-CE).

Sobre essas visitas, o presidente da Comissão, deputado Salmito (PDT), destacou que a CPI tem cumprido o papel de deixar bem claro que os policiais e bombeiros militares são uma categoria diferenciada.  “Por serem diferentes, têm direitos que os servidores e os civis não têm e têm deveres que os servidores públicos e os civis não têm. Entao, é saber realmente separar, respeitar, valorizar. O que a CPI tem dito o tempo todo: é separar o joio do trigo. O que significa isso? Significa que os militares merecem todo o nosso respeito, todo o nosso reconhecimento. Eles protegem a vida da sociedade e, por terem essa tremenda importância, não podem, por exemplo, parar suas atividades para fazer uma reinvidicação por mais legítima que possa ser. A Constituição Federal não considera nem legítima, nem legal”, alertou. 

Na terça-feira passada (17/07), a CPI visitou o Clube de Lazer da Associação das Praças do Estado do Ceará (Aspra/CE), no município do Eusébio. Já no último dia 10 de maio, o colegiado conheceu as instalações da Associação das Praças do Estado do Ceará (Aspra/CE) e da Associação Beneficente dos Subtenentes e Sargentos do Estado do Ceará (ABSS).

A CPI investiga o destino dos recursos recebidos pelas associações ligadas à Polícia Militar e ao Corpo de Bombeiros do Estado do Ceará. O colegiado é composto por nove parlamentares titulares: o deputado Salmito (PDT), como presidente; Queiroz Filho (PDT), como vice-presidente; Elmano Freitas (PT), como relator; bem como Soldado Noélio (Pros); Davi de Raimundão (MDB); Romeu Aldigueri (PDT); Augusta Brito (PCdoB); Nizo Costa (PSB); e Marcos Sobreira (PDT).


Os parlamentares suplentes da CPI são: Delegado Cavalcante (PTB), Edilardo Eufrásio (MDB), Jeová Mota (PDT), Guilherme Landim (PDT), Oriel Nunes Filho (PDT), Diego Barreto (PTB), Osmar Baquit (PDT), Guilherme Sampaio (PT) e Tin Gomes (PDT).

Nenhum comentário:

Postar um comentário