domingo, 21 de outubro de 2018


Contato: (88) 3664 - 1636 / 9.9915 - 0704 / 9.9379 - 6776
janderdmarco1@hotmail.com
Av. Dide Rios, 516 - Centro - Marco - CE

TSE manda Facebook e Google retirarem do ar links com conteúdo falso sobre Haddad e PT

Resultado de imagem para TSE manda Facebook e Google retirarem do ar links com conteúdo falso sobre Haddad e PT
(Divulgação)

Para ministro, vídeo que indica suposta sugestão de Lula de compra de voto por R$ 10 desvirtua falas e visa atingir o candidato petista Fernando Haddad. 

O ministro Sérgio Banhos, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), atendeu a pedido da campanha do candidato a presidente pelo PT, Fernando Haddad, e determinou que Facebook e Google retirem do ar 49 links com informações apontadas como falsas pela campanha petista. A decisão foi publicada neste sábado (20).


Trata-se de um vídeo replicado por vários usuários no qual o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva supostamente falaria sobre compra de votos de eleitores baianos por R$ 10, o que não condiz com a entrevista dada, segundo a ação.


A campanha petista também pedia a retirada de comentários do Twitter e outros meios, mas isso foi negado porque o ministro considerou que não se pode tolher o debate democrático na internet.


Na avaliação de Banhos, somente os fatos sobre a suposta compra de votos deveriam ser removidos.


"Os vídeos publicados contêm edição que faz o espectador crer que Lula acredita ser possível comprar o voto do povo baiano por R$ 10. As publicações têm a clara intenção de desvirtuar não apenas as falas do ex-presidente Lula como também atingir a imagem da coligação representante e do candidato Fernando Haddad, disseminando informação manifestamente inverídica", considerou o ministro.

Fonte: G1

Aniversariantes do Dia - 20 de Outubro


Hoje é dia de abraçar aos aniversariantes do dia.
Gostaríamos de parabenizar e deixar nossas felicitações aos aniversariantes de hoje que são:

A imagem pode conter: 1 pessoa, sorrindo, em pé e atividades ao ar livre
Naldinho Ximenes
A imagem pode conter: 2 pessoas, incluindo Queila Ximenes, pessoas sorrindo, close-up
Queila Ximenes
A imagem pode conter: uma ou mais pessoas
Bia Alves
A imagem pode conter: 6 pessoas
Natália Melo
A imagem pode conter: 1 pessoa, sorrindo, close-up
Lenna Pereira
A imagem pode conter: 1 pessoa, close-up e atividades ao ar livre
Rosa Maria Lima Maria
A imagem pode conter: 1 pessoa, sorrindo, em pé
Elisaldo Luiz Guerreiro Filho
A imagem pode conter: 1 pessoa, sorrindo
Kessia Kimberly
A imagem pode conter: 4 pessoas, incluindo Conceição Vasconcelos e Yan Gabriel Gomes, pessoas sorrindo, pessoas em pé e atividades ao ar livre
Conceição Vasconcelos
A imagem pode conter: 1 pessoa, sorrindo, em pé e shorts
Jessica Paiva
A imagem pode conter: Daniel Samory, barba e área interna
Daniel Samory
A imagem pode conter: 2 pessoas, incluindo Josiele Cavalcante, pessoas sorrindo
Josiele Cavalcante
A imagem pode conter: 1 pessoa, terno
José Linhares


Que Deus abençoe a essas vidas, Felicidade e Sucesso sempre!!

Obs.: Será mencionado os aniversariantes do dia, baseando-se nas informações do Facebook do editor Artenio Mesquita.

Eunício Oliveira: "Eu quero contribuir com o governo Camilo"

Tatiana Fortes

Na primeira entrevista que concede depois do primeiro turno das eleições, o emedebista afirma que pretende contribuir com o governador Camilo Santana (PT), de quem se reaproximou meses antes da corrida eleitoral. Questionado se descarta concorrer a nova eleição, o parlamentar filosofou: "Alguém disse que a política é a única forma que você tem de nascer e morrer várias vezes".

O POVO - O senhor manteve uma agenda intensa em Brasília com o governador Camilo Santana (PT) nesta semana. Como foram esses dias?

Eunício Oliveira - Temos várias pendências em relação a recursos para o Ceará. Eu disse para o governador que, até o último dia, e enquanto tiver forças, vou continuar trabalhando para agradecer ao povo do Ceará. Dois dias depois das eleições, estava liberando 50 milhões de dólares para Sobral. O governador tinha preocupação com recursos para custeio para a saúde. Fizemos reunião com o ministro (da Saúde), e ficou tudo bem, resolvemos tudo. Depois tinha preocupação com estradas federais, que estão no Ceará. Acertamos algumas, como a 230, que passa em Lavras. São várias estradas que serão recuperadas a partir de novembro. Havia também a preocupação com recursos para o Anel Viário. O governador tinha uma preocupação com a questão de um terreno na Praia de Iracema, que é dos Correios. O governo tem interesse nele por causa de uma área que pega o Acquario.

OP - É terreno para cessão?

Eunício - Sim, para cessão. E o Governo Federal concordou. O ministro Kassab (das Cidades) concordou. Camilo tinha preocupação com o Minha casa, minha vida. Também queria amarrar recursos para o metrô de Fortaleza. Então fizemos R$ 1 bilhão de empréstimo e os R$ 675 mil, que seriam a contrapartida do Ceará no contrato, entraram como parte do Orçamento da União. Havia pendência também para o Cinturão das águas, pequenas adutoras, várias obras e outras coisas menores. Tudo isso soma R$ 54 milhões. São coisas nas quais eu venho ajudando o Estado. Tem dois outros empréstimos grandes, que estão na Fazenda (ministério). Estão bem encaminhados. Tem uma área da aeronáutica. Discutimos ainda questões orçamentárias para os recursos do Estado, como, por exemplo, mais 200 areninhas para o Ceará.

OP - Quando são liberados os recursos para o Centro de Inteligência no Estado?

Eunício - Eu aprovei a MP (Medida Provisória) que regulamentou a criação e a estrutura do Ministério da Segurança ontem (quarta-feira). Com isso garantimos recursos para construção de dois novos presídios no Ceará e a instalação do Centro Integrado de Segurança Pública.

OP - Mas quando o dinheiro sai?

Eunício - Os recursos estão garantidos, a partir de 2 ou 3 de novembro. Durante esse mês, há garantia de que esses recursos serão liberados.

OP - Esse périplo por Brasília com o governador sinaliza que o senhor pode vir a fazer parte do governo Camilo em 2019?

Eunício - Eu quero contribuir com o governo Camilo. Como o orçamento será feito por mim, quero deixar tudo com recursos garantidos. Pra ajudar. Esse é o melhor. É como disse o Raul Jungmann, que me abraçou, chorou literalmente comigo quando soube da derrota (de Eunício para o Senado)... Meu compromisso é com o Estado. É como eu disse naquele dia. Vou me recolher à vida privada, mas vou continuar contribuindo.

OP - Mas o governador sugeriu em coletiva que o senhor tem muito a fazer pelo Estado ano que vem.

Eunício - Mas aí é uma gentileza do governador. Minha preocupação é ajudar de lá pra cá. Nenhum estado do Brasil recebeu tantos recursos do Governo Federal como o Ceará nesses últimos meses. E acho que temos um impasse porque não temos um nome consensual para dirigir a Casa. Estou ainda avaliando como vai ser a nossa sucessão. Eu teria mais dois anos de presidência (do Senado). Vamos ver como reorganizamos.

OP - O senhor não conseguiu se reeleger. Como o senhor avalia o resultado da eleição?

Eunício - Resultado é resultado de eleição. Democracia é assim. A população é assim. É democrática. É a regra da democracia.

OP - Camilo disse que tinha ficado surpreso com a sua derrota.

Eunício - Honestamente, até agora, não só o Camilo, mas todas as pessoas que acompanharam a campanha ficaram surpresas, porque as pesquisas internas apontavam noutra direção. A própria Rede Globo, na noite anterior à eleição, publicou pesquisa que confirmava todas as outras feitas de campo e de tracking. E elas me davam vantagem. Mas, no domingo, fomos todos surpreendidos pelo resultado. Todos vocês, mais bem informados do que eu, sabem o que aconteceu.

OP - O senhor descarta então assumir algum cargo público no Governo do Estado?

Eunício - Eu saí das empresas em 1998, quando me tornei parlamentar. Não quero mais essa rotina. Eu sou da direção nacional do partido (MDB). Vou fazer política partidária a partir do ano que vem. Quero acompanhar todo o trabalho do Congresso. O que me deixa muito tranquilo é que todas as pessoas, todos os senadores que estão no exercício, e até alguns novatos que chegaram, estão surpresos (com a derrota). E agora, quem concilia a Casa? Eu distribuía relatoria com todos os senadores. Como isso será regido? E por quem será regido? Espero que por alguém melhor que eu. E assim: me perdoe a falta de modéstia, mas isso me dá a sensação de dever cumprido.

OP - O senhor descarta voltar a disputar uma eleição?

Eunício - Alguém disse que a política é a única forma que você tem de nascer e morrer várias vezes. Não posso dizer que não vou mais disputar. Neste momento, vou me recolher. Vivi 20 anos dedicados à causa pública. Ate o final do mandato. Não é uma despedida, mas é uma obrigação que tenho com o mandato. Dediquei 20 anos de minha vida a isso. Vou fazer um misto, olhar um pouco mais pra família. Comemorar os aniversários, os casamentos. Vou continuar a contribuir com meu Estado. Vou mesclar minha vida.

OP - Durante evento pró-Haddad no Ceará na última segunda-feira, o senador eleito Cid Gomes (PDT) disse ter convidado a ex-presidente Dilma Rousseff (PT) para concorrer ao Senado pelo Ceará, mas o convite foi barrado por Lula, que desejava reeleger o senhor no Estado. O senhor tomou conhecimento disso?

Eunício - Eu tive conhecimento, sim. O presidente Lula mandou até um emissário na minha casa em Brasília para afirmar isso. Um foi o senador Lindbergh (Farias, do PT). E o outro foi o Walfrido dos Mares Guia (empresário e educador).

OP - Que outro cargo público o senhor gostaria de ocupar na vida?

Eunício - Eu acabei de disputar uma eleição que eu queria, o Senado. É uma Casa boa. Sempre gostei muito da vida parlamentar, que é um lugar onde você dialoga buscando a convergência. Eu me considero um democrata. Tenho pavor dos extremos, tanto de direita quanto de esquerda. Ditadura de esquerda não presta nem da direita.

OP - Como o senhor projeta este segundo turno entre Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT)? Mantém apoio ao petista? Acredita numa virada?

Eunício - Eu sou exemplo disso. Tinha 43% no Ibope contra 16% do adversário no sábado à noite. E, no domingo, perdi a eleição. Ninguém tem eleição ganha. E nem eleição perdida. E a população resolveu fazer uma troca de nomes. Vamos aguardar. Não sou de oportunismos. Sou de manutenção de posicionamento. Tinha dito antes que iria votar no presidente Lula e que votaria no candidato que o Lula indicasse. Vou manter minha coerência. E depois vou tentar fazer a convergência e lutar para que o Brasil continue democrático.

OP - O MDB seria oposição a um governo Bolsonaro?

Eunício - Eu defendo que o MDB se reinvente. Para isso, tem que sair desse governismo. Não precisa ir para uma oposição radicalizada. Eu acho que tem que ter posição de independência (em relação ao futuro governo), de apoiar o Brasil, de ter a liberdade de votar contra aquilo que não seja de interesse do País.



VOTOS


Eunício Oliveira recebeu 1.313.793 votos, equivalente a 16,93%. Ele perdeu a segunda vaga em disputa para Eduardo Girão (Pros) que conquistou 17,09% dos votos.

Fonte: O Povo Online

A Clinica Dr. Timbó está com tendimento em diversas especialidades, como:

* Cardiologia - Dr. Dimas
* Dermatologia - Dr Flavio
* Dentista - Dra. Anita
* Ultrassonografia - Dr. Faustino
* Psiquiatra - Dr. Fábio
* Fisioterapeuta - Dr. Heldaneo
* Nutricionista - Iana Melo

A clinica realiza ainda: 

* Exames de prevenção com a enfermeira Emilly, e Exames Laboratoriais, além do atendimento do Dr. Timbó na Geriatria(Médico de Idosos)

Pela segunda vez em menos de uma semana, celulares mudam para horário de verão antes da época

Noah Berger / AFP


Além das mudanças em celulares de ao menos duas operadoras, usuários também relataram no Twitter que computadores e até relógios de rua foram afetados 

A alteração gerou confusão e foi relatada por pessoas em diversas partes do país
Noah Berger / AFP

Mais uma vez, celulares e sistemas operacionais adiantaram automaticamente o relógio em uma hora, no início da madrugada deste domingo (21), em referência a chegada do horário de verão. A alteração gerou confusão e foi relatada por pessoas em diversas partes do país. Originalmente previsto para outubro, o horário de verão foi transferido para o dia 4 de novembro para não atrapalhar o segundo turno das eleições.


Além das mudanças em celulares de ao menos duas operadoras, usuários também relataram no Twitter que computadores e até relógios de rua foram afetados. O problema é semelhante ao ocorrido na última segunda-feira (15), quando usuários de Iphone que são clientes da Tim tiveram os relógios adiantados em uma hora.

No mesmo dia, pela terceira vez, o governo federal alterou a data de início do horário de verão, que havia sido adiado para o dia 18 de novembro em função do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Assim, a data correta para adiantar o relógio em uma hora voltou a ser o dia 4 de novembro.

Fonte: gauchazh

Bolsonaro pede direito de resposta e exclusão de reportagens da Folha sobre pacote de mensagens

jair bolsonaro foro de são paulo
Crédito: reprodução/RecordBolsonaro pede direito de resposta e exclusão de reportagens

O candidato à Presidência Jair Bolsonaro (PSL) entrou com pedido de direito de resposta e de exclusão da reportagem da Folha de S.Paulo sobre empresas que estão comprando pacotes de disparos de mensagens contra o PT no WhatsApp. O pedido foi feito na noite de sexta-feira (19) no TSE (Tribunal Superior Eleitoral).

Assinada pelo presidente interino do PSL, Gustavo Bebbiano, e outros nomes, a peça pede que a Justiça determine a publicação, no jornal, do direito de resposta sob o título “Folha acusa campanha de Bolsonaro sem provas”, em espaço equivalente ao ocupado pela reportagem de quinta-feira (18). O pedido foi distribuído para o ministro Sérgio Silveira Banhos, que negou a retirada imediata do site na noite de sábado (20).


“A publicação apontada pelos representantes como inverídica está situada dentro dos limites referentes aos direitos à livre manifestação do pensamento e à liberdade de expressão e informação, de alta relevância no processo democrático”, escreveu Banhos.

Segundo advogados da campanha de Bolsonaro, o jornal fez acusações sem provas com o intuito de beneficiar a candidatura de Fernando Haddad (PT). Banhos determinou a citação da Folha para que apresente defesa e, após isso, intimação do Ministério Público.

Fonte: catracalivre

Noite de terror em Cariré, com registro de 04 homicídios.


Imagem relacionada

O município de Cariré, registrou uma noite de terror neste sábado, 20 de outubro.

A população está assustada com tamanha violência. Foram 04 homicídios em uma noite, dentro de poucas horas.


Duplo homicídio

A primeira ocorrência, no inicio da noite, foi um duplo homicídio, onde indivíduos em uma moto, executaram a bala um casal na localidade de Angicos. O casal estava na referida localidade acompanhando um torneio esportivo, e quando retornavam para casa foram atacados. Fabio Alves de Sousa, conhecido como "Sabãozinho", Maria Luciana Melo Damasceno. Eles residiam no distrito de Alto Feliz.

O casal deixa 3 filhos, um de 02 anos, uma jovem de 16, e outra filha, que no dia do crime, completou 18 anos, e está grávida.

Execução 


Poucas horas após o duplo homicídio, uma nova ocorrência, desta vez na localidade de Daniel, onde um jovem, conhecido como Sérgio, foi executado a bala, em sua residencia. Segundo informações preliminares, homens adentraram a casa já disparando contra o jovem.

Jovem baleada morre a caminho do hospital.

Já por volta das 23h, um novo atentado. Uma jovem, de apenas 16 anos, de nome Aparecida, foi alvejada a bala no bairro pedrinhas. A mesma foi socorrida, mas não resistiu e veio a óbito ao chegar no hospital. 

A policia deve abrir investigações, mas até o presente momento as motivações dos crimes ainda são desconhecidas.

Novas ambulâncias chegam a Jaguaribara


Nesta sexta-feira (19), a Prefeitura de Jaguaribara recebeu duas ambulâncias zero quilômetro para reforçar a frota da Secretaria de Saúde e ampliar o atendimento aos pacientes da região. Os veículos foram adquiridos através do trabalho realizado pelo deputado Danilo Forte (PSDB-CE) que assegurou recursos federais no valor de R$ 160 mil para atender a demanda. Ao anunciar a novidade, o vice-prefeito Zé Filho destacou a dedicação do parlamentar. “Nossos agradecimentos ao deputado Danilo Forte, pois com o seu apoio e comprometimento estamos fortalecendo a saúde pública do município em benefício de toda a população”.

Segue vídeo com a chegada das ambulâncias!




Deputado Danilo Forte vota em defesa do reajuste para agentes de saúde


(Brasília-DF, 17/10/2018) - Em sessão conjunta do Congresso Nacional nesta quarta-feira (17), o deputado federal Danilo Forte (PSDB-CE) defendeu a valorização dos agentes comunitários de saúde e de combate às endemias e colaborou para a derrubada do veto presidencial que impedia reajuste do piso salarial para a categoria. “Se conseguimos diminuir a mortalidade infantil, conseguimos fazer atendimento nas áreas indígenas e evoluir na saúde pública no Brasil, se deve muito a luta dos agentes de saúde. E esse reconhecimento precisa ser dado. Por isso reafirmo meu voto pela derrubada do veto e pelo reconhecimento da carreira”, disse o parlamentar reforçando seu compromisso com os profissionais da área. A remuneração mínima atual da categoria é de R$ 1.014,00 e estava congelada desde 2014. Agora deverá aumentar de forma gradual nos próximos anos até chegar a R$ 1.550,00 em 2021.

DA ASSESSORIA 

sábado, 20 de outubro de 2018


Contato: (88) 3664 - 1636 / 9.9915 - 0704 / 9.9379 - 6776
janderdmarco1@hotmail.com
Av. Dide Rios, 516 - Centro - Marco - CE

Campanha de Haddad contrata gráfica investigada pela Lava Jato

Campanha de Haddad contratou gráfica investigada
Roberto Casimiro /Fotoarena/Folhapress - 17.10.2018

De acordo com informações fornecidas pelo TSE, o valor gasto com a Print seria de R$ 111 mil em contrato para fornecimento de adesivos e impressos

Campanha de Haddad contratou gráfica investigada

O candidato à Presidência pelo PT, Fernando Haddad, contratou uma gráfica envolvida em casos de corrupção e investigada pela operação Lava Jato.

De acordo com informações do jornal "Folha de S.Paulo", a campanha do presidenciável contratou serviços da gráfica Print, de Cuiabá (MT), que é investigada por suposto envolvimento com recebimento de dinheiro da JBS.

Ainda segundo informações do jornal, a empresa teria sido contratada para o fornecimento de adesivos e impressos no valor de R$ 111 mil, conforme dados declarados ao TSE (Tribunal Superior Eleitoral).

Esta não é a primeira vez que a campanha contrata na atual campanha empresas investigadas. Foram gastos R$ 4,9 milhões com a empresa Rentalcine, registrados na campanha de Lula, para a locação de equipamentos de gravação. Um dos sócios da companhia é réu na Lava Jato e outro é colaborador da Justiça no Peru, em delação relacionada à Odebrecht.

Já na campanha de Haddad foram registrados gastos de R$ 2,1 milhões com a mesma empresa. Ainda segundo dados do TSE, a Rentalcine é a empresa que tem maior volume de gastos nesta campanha presidencial de 2018 — somam R$ 28 milhões e a locadora gerou despesas de R$ 7,1 milhões.

A Rentalcine foi umas das empresas mencionadas na delação da publicitária Monica Moura. Em 2016, o MPE (Ministério Público Estadual) de São Paulo colocou a empresa em um inquérito após análise de contratos com a Assembleia Legislativa do Estado.

Fonte: R7

Eunício tem 'papel fundamental' no próximo governo, aponta Camilo


Durante compromisso em Brasília, nesta quarta-feira (17), o governador cearense reeleito, Camilo Santana (PT), voltou a lamentar a derrota de Eunício Oliveira (MDB) nas urnas e reforçou a manutenção da aliança. Ao lado do emedebista, disse que ele terá um “papel fundamental”, com participação no futuro do Ceará.

“Com certeza nós vamos construir o futuro do Ceará com a participação, sempre com o diálogo, e o senador Eunício tem um papel fundamental nesse processo”, declarou, após reunião com o ministro da Segurança, Raul Jungmann. Os aliados também comemoraram a assinatura do contrato de financiamento entre o Estado e o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) de aproximadamente R$ 260 milhões.

Prejuízo para o Brasil

Camilo Santana também lamentou a não reeleição de Eunício ao Senado, quando afirmou que ficou surpreso com o resultado das urnas. “Eu tenho um carinho e uma gratidão muito grande ao presidente do Senado. Fiquei triste pela sua não... Aliás, uma surpresa muito grande. Até porque as pesquisas apontavam lá no Ceará 43% das intenções de voto. Um grande prejuízo para o estado do Ceará e para o Brasil”, comentou.


DN
Fonte: AndarilhodaNotícia

Rodovia entre Morrinhos e Santana do Acaraú


O Departamento Estadual de Rodovias (DER) está restaurando a rodovia CE-178, no trecho Morrinhos – Santana do Acaraú, na Região Norte do Estado. Ao todo, serão 28 quilômetros de rodovia restaurados. As obras, que atualmente apresentam 71% dos serviços executados, têm previsão de conclusão no primeiro semestre de 2019.

As obras, orçadas em aproximadamente R$ 15 milhões, fazem parte do Ceará de Ponta a Ponta, Programa de Logística e Estradas do Ceará, que atua na construção e recuperação da malha rodoviária estadual. Os recursos são do Tesouro Estadual e do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). Entre os serviços realizados no trecho, estão os de terraplanagem, pavimentação, revestimento, drenagem, sinalização, além de proteção ambiental.

GOVERNO DO ESTADO
Fonte: AndarilhodaNotícia

A Clinica Dr. Timbó está com tendimento em diversas especialidades, como:

* Cardiologia - Dr. Dimas
* Dermatologia - Dr Flavio
* Dentista - Dra. Anita
* Ultrassonografia - Dr. Faustino
* Psiquiatra - Dr. Fábio
* Fisioterapeuta - Dr. Heldaneo
* Nutricionista - Iana Melo

A clinica realiza ainda: 

* Exames de prevenção com a enfermeira Emilly, e Exames Laboratoriais, além do atendimento do Dr. Timbó na Geriatria(Médico de Idosos)

Alcântaras: Prefeito Joaquim do Quinca esteve reunido com o deputado Zezinho Albuquerque discutindo projetos para o município


Estivemos em Fortaleza acompanhado do Presidente da Câmara, Manoel Albuquerque e subtenente Johnson, responsável pela segurança pública do nosso município. Na ocasião estivemos reunido com o Presidente da Assembleia Legislativa, Deputado Estadual Zezinho Albuquerque, que agradeceu a expressiva votação que obteve no município de Alcântaras. Durante a reunião, discutimos diversas pautas, entre as quais os projetos que serão encaminhados ainda esse ano, para o nosso município. 

@ Assembleia Legislativa do Ceará

Flagrado com mulheres e cerveja, goleiro Bruno perde direitos na prisão

O ex-goleiro do Flamengo Bruno Fernandes, chega ao DI, Departamento de Investigações, em Belo Horizonte, em 2010: Goleiro está preso desde 2010, quando atuava pelo Flamengo

Reuters Goleiro está preso desde 2010, quando atuava pelo Flamengo


O ex-goleiro Bruno Fernandes perdeu nesta sexta-feira o direito de realizar trabalhos externos ao presídio de Varginha (MG), onde está preso desde abril de 2017, dois dias depois de ser flagrado pela emissora TV Alterosa, afiliada local do SBT, na companhia de duas mulheres e com uma lata de cerveja na mesa.

O ex-jogador foi preso em 2010 e posteriormente condenado pelo homicídio triplamente qualificado de Eliza Samúdio, sua amante, e por sequestro e cárcere privado do filho que teve com ela. Bruno estava autorizado, desde o ano passado, a trabalhar em obras na Associação de Proteção e Assistência ao Condenado (Apac) de Varginha, sem supervisão.

No entanto, a 1ª Vara Criminal e de Execuções Penais da cidade retirou nesta sexta o benefício ao ex-jogador do Flamengo depois da veiculação da reportagem. Além de mostrar Bruno acompanhado em um bar, a TV Alterosa exibiu conversas de celular na qual Bruno cita facilidades como acesso a celular e bebidas alcoólicas.

Em nota, a Secretaria de Adminsitração Prisional (Seap) de Minas Gerais confirmou a suspensão do benefício. “Bruno saía do presídio às 7h e retornava às 18h, de segunda à sexta-feira, em um transporte fornecido pela Apac. A direção do presídio já comunicou o fato à Vara de Execução da comarca, que suspendeu a autorização para o trabalho do preso”, informou o Seap.


Com a decisão, Bruno deve ser mantido em regime fechado, sem permissão de trabalho externo, até que um processo seja instaurado para averiguar o ocorrido. Ao portal G1, Fábio Gama, advogado do goleiro, negou irregularidades – disse que Bruno não ingeriu a cerveja colocada à mesa e que o celular utilizado na prisão é comunitário e autorizado.
Condenações

Bruno foi condenado em primeira estância a 22 anos e 3 meses de prisão, pelos crimes de homicídio triplamente qualificado, sequestro de menor, no caso, Bruninho, o filho que ele teve com Eliza e ocultação de cadáver – teve a pena reduzida para 20 anos e 9 meses, pelo fato de o último crime ter prescrito.


Ele chegou a deixar a prisão em fevereiro de 2017, por decisão do Supremo Tribunal Federal (STF). Nos três meses em que esteve fora da cadeia, Bruno atuou pelo Boa Esporte, de Varginha. Em maio daquele ano, porém, nova ordem do STF o obrigou a retornar à prisão. Com a progressão referente aos trabalhos realizados, Bruno pode passar para o regime semiaberto em breve. A conclusão total da sua pena está prevista atualmente para 11 de maio de 2031.

Fonte: MSN

Ministros do TSE defendem “não criar marola” com ações sobre WhatsApp

Igo Estrela/Metrópoles

Magistrados defendem que eleição não pode ter o curso alterado pelas mãos da Justiça “sob o calor dos fatos”

A repercussão da revelação de compra de mensagens em massa no WhatsApp contra Fernando Haddad (PT) dominou conversas de ministros do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Corte que lida com o caso. O entendimento majoritário, inclusive o do corregedor, Jorge Mussi, responsável pela ação contra Jair Bolsonaro (PSL), foi o de que não caberia promover diligências extravagantes. As informações estão na coluna Painel, da Folha de S.Paulo, neste sábado (20/10).

A eleição não pode ter o curso alterado pelas mãos da Justiça, disse um magistrado. “Não sob o calor dos fatos”, concluiu.

Os integrantes do TSE ponderaram que, a menos de dez dias do segundo turno, “não é hora de criar marola”. Mussi decidiu na noite dessa sexta-feira (19) citar Bolsonaro para que ele se manifeste sobre o assunto. E só.

O mesmo ministro que disse ser indesejável interferir no curso da eleição afirmou que a investigação deve continuar correndo na Corte. “Lá na frente, se for o caso, cassa a chapa”, concluiu.

Fonte: Metrópoles

Aplicação do Enem terá quatro horários diferentes

Hélvio Romero/Estadão Conteúdo

Horário de verão entrará em vigor no mesmo dia em que serão inciados os exames: 4 de novembro

O Ministério da Educação (MEC) alerta os estudantes inscritos no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2018 que a partir do primeiro dia da aplicação das provas, 4 de novembro, o país terá quatro fusos horários diferentes. Devido ao horário de verão, que entrará em vigor no mesmo dia da prova, os portões dos locais de realização do exame serão abertos e fechados em horários diferentes nos estados.

O relógio deverá ser adiantado em uma hora à meia-noite de sábado (3) para domingo (4) pelos estudantes do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Minas Gerais, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Distrito Federal.

Neste grupo de estados, exceto Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, a abertura dos portões dos locais das provas será às 12 horas e o fechamento, às 13h.



Para estudantes do Amapá, Alagoas, Bahia, Ceará, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Pará, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte e Sergipe, os portões serão abertos às 11h e o fechamento às 12h, seguindo o horário local.

Nos estados do Amazonas, Rondônia e Roraima, os participantes poderão ingressar nos locais de prova entre 10h e 11h, de acordo com o horário local.

Fuso do Acre
E no Acre, que tem fuso horário de três horas a menos em relação a Brasília, os portões serão abertos às 9h e fechados às 10h, também seguindo horário local.


Os cartões de confirmação da inscrição estarão disponíveis para consulta a partir da próxima segunda-feira (22), na página do participante.

No cartão, são informados os dados dos estudantes, local de prova, data e horários de aplicação da prova. A segunda etapa das provas será aplicada em 11 de novembro.

Fonte: Metrópoles

Pai faz fantasia com sacolas plásticas para filha ir à festa em escola


Luciano Carvalho conta que não tinha dinheiro para alugar ou comprar uma roupa para a filha e resolveu usar a criatividade 

A falta de dinheiro para comprar uma fantasia para a filha, de apenas 2 anos, foi transformada numa linda história de superação por Luciano Carvalho, em São Bento do Sul, uma pequena cidade de Santa Catarina. Samira tinha uma festa à fantasia em homenagem ao Dia das Crianças. Seu pai improvisou um vestido de sacolas plásticas e a garotinha virou a principal atração da comemoração.
Carvalho foi a um mercado perto de casa para buscar as sacolas na cor rosa e fez, junto com a mãe de Samira, a roupa e os enfeites do cabelo da menina. Em entrevista para a NSC TV, o pai narrou emocionado: “A gente teve essa criatividade, tanto eu como a minha esposa e a minha enteada, de fazer de sacolinhas”. 
A professora Aline Dias disse que Samira chegou na escola muito feliz, mas o pai estava um pouco envergonhado e afirmou “professora, foi o que eu consegui fazer”. A educadora conta que Samira se sentiu uma “princesa, cantava e dançava durante a festa”.
A história comoveu a todos na escola e no mercado. As pessoas se uniram e fizeram uma campanha de doação de alimentos, brinquedos e uma nova fantasia de princesa para Samira, com coroa e tudo que ela tem direito.
Fonte: Metrópoles

Contato: (88) 3664 - 1636 / 9.9915 - 0704 / 9.9379 - 6776
janderdmarco1@hotmail.com
Av. Dide Rios, 516 - Centro - Marco - CE

Datafolha: Rejeição motiva mais votos em candidatos do que suas propostas

Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT)

Reuters Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT)

Mais do que as propostas que Fernando Haddad (PT) ou Jair Bolsonaro (PSL)apresentaram durante a campanha, a rejeição ao PT ou ao capitão reformado do Exército explicam boa parte das intenções de voto que ambos têm neste segundo turno, mostra pesquisa Datafolha divulgada neste sábado. O levantamento foi contratado pela Folha de S.Paulo e TV Globo.

Entre os eleitores de Bolsonaro, o desejo de renovação, porque ele nunca foi presidente, e a simples rejeição ao Partido dos Trabalhadores somam 55% das menções de motivos que os fazem escolher o candidato do PSL. As propostas para a segurança, principal bandeira do candidato, representam 17% das respostas dos entrevistados

Na sequência, os eleitores de Bolsonaro disseram escolher o candidato pela “imagem e valores pessoais” (13%), “melhores propostas/plano de governo” (12%) e “combate à corrupção/impunidade” (10%). “Experiência e capacidade de governar” e as propostas para saúde e educação representam 5% das menções cada.

Na pesquisa, os eleitores podiam apresentar mais de um motivo para sua intenção de voto, por isso a soma é sempre superior a 100%.

No caso do Fernando Haddad, a rejeição a Bolsonaro é o principal motivo citado por quem escolhe o candidato do PT (20%), seguido por “melhores propostas/plano de governo” (15%). A identificação com as ideologias do partido foi citado por 13%. Os quesitos “experiência e capacidade para governar” e “por causa do Lula” somaram 11% das respostas cada.

Os eleitores de Haddad também afirmaram escolher o petista pela “imagem e valores pessoais” (7%), porque ele “pensa na população mais pobre” ou por suas “propostas para a educação”, que empatam com 6% das menções.

A pesquisa Datafolha ouviu 9.137 eleitores entre os dias 17 e 18 de outubro e tem margem de erro de dois pontos porcentuais para mais ou para menos. O número de registro no Tribunal Superior Eleitoral é o BR-07528/2018.

Fonte: MSN