Prefeitura de Tauá

domingo, 28 de fevereiro de 2021

 Resultado de imagem para uniateneu

Covid-19: Cenário piora e 97,29% do território cearense está em nível de alerta alto ou altíssimo

 Incidência de casos de Covid-19 por dia para 100 mil habitantes está em 162,3

Foto: Helene Santos


Somente cinco das 184 cidades cearenses estão dentro da classificação de nível alerta "moderado" para transmissão da Covid-19. Para o restante dos 179 municípios, isto é, 97,29% de todo território do Estado, os níveis de alerta estão em "alto" ou "altíssimo". Os dados são do IntegraSus, plataforma oficial da Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa) e dizem respeito às semanas epidemiológicas 7 e 8, referentes aos dias 14 a 27 de fevereiro.

Municípios com nível "moderado" de alerta para transmissão
Russas;
Jaguaribe;
Alto Santo;
Perreiro;
São João do Jaguaribe

Estes números quando comparados a semana epidemiológica anterior (dias 7 a 20 de fevereiro) indicam forte piora no cenário pandêmico do Estado. Há sete dias, 18 municípios estava no nível "moderado", 91 no nível "alto" e outros 75 no "altíssimo". Agora, o número se inverteu. São 101 no nível "altíssimo" e 78 no "alto".

Das cinco cidades cearenses com maior concentração de casos da Covid-19, apenas Juazeiro do Norte está na classificação de nível "alto". Fortaleza, Caucaia, Maracanaú e Sobral estão classificadas como nível "altíssimo". Juntas, elas respondem por mais metade dos casos de todo o Estado.
Cenário da Covid-19 se agrava no Ceará
Moderado passou de 18 para 5
Alto passou de 91 para 78
Altíssimo passou de 75 para 101 - aumento de 34,66%

A incidência de casos de Covid-19 por dia para cada 100 mil habitantes também se agravou. Se na semana anterior esse número estava em 140,6, agora subiu para 162,3, com tendência crescente. A taxa de letalidade igualmente externa a criticidade do atual momento do Estado. Era de 1,3% com tendência de estabilidade, agora saltou para 2%, com tendência de alta.

Já taxa de positividade em testes RT-PCR atingiu a marca de 29,8%, mas com uma leve tendência decrescente - na semana epidemiológica anterior era de 29,3%. O percentual de ocupação nos leitos UTI-Covid chegou a 89,5%, embora apresente tendência decrescente, segundo o IntegraSus.
Entenda as classificações


NOVO NORMAL - taxa de ocupação dos leitos menor que 70%; taxa de letalidade menor que 1; percentual de positividade de testes para diagnóstico de Covid-19 menor que 25%.


MODERADO - taxa de ocupação dos leitos entre 70% e 80%; taxa de letalidade entre 1 e 2; percentual de positividade de testes para diagnóstico de Covid-19 entre 25% e 49,9%.


ALTO - taxa de ocupação dos leitos entre 80,1% e 95%; taxa de letalidade entre 2 e 3; percentual de positividade de testes para diagnóstico de Covid-19 entre 50% e 75%.


ALTÍSSIMO - taxa de ocupação dos leitos maior que 95%; taxa de letalidade maior que 3; percentual de positividade de testes para diagnóstico de Covid-19 maior que 75%.

É analisado ainda indicadores com incidência de casos de Covid-19 por dia / 100 mil habitantes e internações pelos CIDs causas respiratórias. Para o município ser classificado no nível "moderado", por exemplo, ele tem que ter todos os indicadores enquadrados nessa faixa. Quando um deles ultrapassa, o município avanço no nível de risco de transmissão.
Governo recomenda adoção de ações para conter a Covid

A Sesa recomenda uma série de ações para serem adotadas em caso de criticidade de cada um desses indiciadores. Quando há alta taxa de ocupação nos leitos exclusivos ao tratamento de pacientes infectados pela Covid-19, as orientações são "reforçar ações de monitoramento de casos suspeitos, para acabar com cadeias de transmissão e aumentar a oferta de leitos de UTI-Covid".


Quando se identifica alta taxa de letalidade por decorrência do novo coronavírus, as ações indicadas pela Sesa são "adaptar protocolos de tratamento, acompanhando evolução do conhecimento científico sobre melhores práticas e investir na ampliação de testagem".

Para alta incidência são quatro as recomendações: adaptar protocolos de rastreamento de contatos e monitoramento de casos suspeitos de acordo com o nível de alerta; dimensionar equipamentos de saúde, adaptando a capacidade de resposta à possível demanda por cuidados hospitalares; adaptar ações para diminuir contatos na sociedade, como fechamento de espaços públicos, e comunicar a necessidade de evitar aglomerações e editar decretos e orientar a população a adotar comportamentos que diminuam o contágio, como o uso de máscaras e outras medidas profiláticas.



*DN

 

Governo do Ceará entrega mais 10 leitos e dobra número de UTIs em Crateús

 

Até o final de março o Estado do Ceará deve superar a casa das mil Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) criadas para o tratamento de pacientes com a Covid-19 neste período chamado por especialistas de segunda onda. Na manhã deste sábado (27), o governador Camilo Santana inaugurou, de forma virtual, mais dez leitos de UTI no Hospital Geral de Crateús, reforçando a descentralização.

“Já fazia parte do plano de modernização que o Ceará apresentou em 2019, de criar unidades de UTI em todas regiões onde não tinham. Implantamos, ano passado, UTIs em Caucaia, que não tinha, Itapipoca, Tianguá, Crateús, Iguatu, Icó. Regionalizando para que toda a população estivesse mais próxima do atendimento à saúde”, lembrou o governador.

Enquanto o plano de modernização era tocado, veio a pandemia em 2020, acelerando o processo. “Já durante a pandemia foram quase mil leitos de UTIs, apenas os exclusivos para Covid. Chegamos próximo de 3 mil leitos de enfermaria e UTI só para atendimento de Covid no ano passado. E agora estamos retomando muitos desses leitos que tinham voltado a atender as demandas normais da Saúde. Compramos hospitais como o Leonardo da Vinci, onde já são 150 leitos de UTI funcionando exclusivos para Covid. Mantivemos todos os leitos para atender a demanda grande que existia para cirurgias eletivas e atendimento hospitalar e agora, com essa onda mais forte do que a primeira, estamos retomando com a exclusividade”.



A meta, de acordo com o governador, é chegar a pelo menos 3 mil leitos na rede pública, sendo cerca de 1.100 apenas de UTI, para atender a população. “Estamos dobrando o número de leitos em Crateús, onde compramos o Hospital e temos uma grande parceria com a São Camilo, que dirige a unidade. Montamos dez leitos de UTI ano passado e agora entregamos mais dez para ampliar o atendimento naquela região, onde não tinha nenhuma UTI”, apontou Camilo Santana, reforçando que, além dos leitos, foram ampliadas as bases do Samu. “Ano passado foram 59 bases do Samu que montamos em um ano, inclusive em Crateús”.

Até essa sexta-feira (26), o Estado já somava 710 leitos de UTI para Covid-19 no Ceará. Com mais esses dez e outros 12 que serão inaugurados ainda neste sábado (27) no Hospital Geral de Fortaleza (HGF), chega a 722 o total de UTIs exclusivas para atendimento a pacientes com coronavírus. Posteriormente, mais dez leitos serão incorporados também ao HGF. “Nossa meta era chegar a 28 de fevereiro com 703, mas vamos estar com 742 e, na próxima semana, vamos ultrapassar as 800 [vagas de UTI Covid-19]. E a nossa meta é, em março, ter mais de 1.100 leitos”.

O secretário estadual da Saúde, Dr. Cabeto, agradeceu a todos os envolvidos no atendimento aos pacientes, observando que o engajamento e a retidão com que as pessoas têm tratado a saúde no Ceará se notabiliza. “Minha palavra é de gratidão pela coragem como o Estado lidera esses processos, deixando sempre claro a retidão de comportamento, de caráter e de estima às pessoas. Gratidão também ao povo e aos profissionais da Sesa que pouco aparecem, mas hoje mesmo estão trabalhando para que as coisas funcionem”.



Cabeto também chamou atenção que ,após essa pandemia, o Ceará se sairá ainda melhor. “Esse é um ponto de inflexão. Vamos sair com pessoas melhores, mais conscientes, mais irmãs. Vamos ser uma sociedade melhor para passar para as pessoas um ambiente de trabalho melhor, mais harmônico. Vamos passar por isso da forma mais lúcida e transparente, com dignidade”, finalizou o secretário da Saúde do Ceará.

Durante a inauguração, Marcelo Machado, prefeito de Crateús, agradeceu pela atenção do Estado com os municípios nesse momento de dificuldade. “Agradecemos por atender às nossas demandas. Hoje é um dia muito importante diante da necessidade. Infelizmente por causa da pandemia o governador não pode estar aqui presencialmente, mas vamos superar esse momento e logo estaremos fazendo outras inaugurações”.

Marcos Vinícius, diretor administrativo do Hospital, também ressaltou a importância de garantir mais leitos de UTI durante uma pandemia que exige tratamento específico com respiradores. “Para nós é motivo apenas de agradecimento. Em 2021 faz 10 anos que cheguei em Crateús com a missão de fazer um pouco melhor pela região. Uma das coisas que mais chamava atenção era uma região com esse porte não ter UTI. Isso sempre nos angustiou e hoje, com parceria com o Estado, podemos dizer que abrimos a segunda remessa de UTIs. Isso mostra o compromisso e a visão da necessidade de no Interior ter estrutura que ofereça saúde com segurança e qualidade”, analisou o diretor.

Participaram da inauguração a assessora especial do governador, Janaína Farias; o vice-prefeito de Crateús, Dr Nenzé; a secretária municipal da Saúde, Elizabeth Machado, e o diretor técnico do hospital, João Victor.

 

Hapvida e Intermédica fecham acordo de R$ 119 bilhões em fusão gigante

 

Depois de vários meses de negociação, o Grupo Hapvida e a Intermédica fecharam acordo que cria fusão gigante avaliada em R$ 110 bilhões de reais. É a maior fusão de empresas brasileiras desde o negócio envolvendo Itaú e Unibanco em 2008.

O Hapvida ficará com a maior das ações e com maior poder de decisão com 53,6% da nova companhia. Já os acionistas da Intermédica ficam com 46,4% do novo empreendimento. O pessoal da Intermédica ainda receberá, a título de ação preferencial resgatável, o valor de R$ 4 bilhões.

A aquisição 

O negócio formará um gigante com mais de 13,6 milhões de usuários de convênios médico e dental e receita combinada de R$ 18,2 bilhões.

O CEO do Hapvida, Jorge Pinheiro, e o CEO da Intermédica, Irlau Machado vão gerir a companhia juntos. Cada um vai atuar em suas regiões geográficas, ou seja, Jorge fica responsável, prioritariamente, pela região Nordeste e áreas vizinhas.

A negociação contou com as assessorias do banco BTG Pactual Itaú BBA, por parte do Hapvida. A assessoria jurídica foi dada por Pinheiro Neto e Madrona Advogados.

*Roberto Moreira.

 

FDA aprova uso emergencial da vacina da Johnson & Johnson

 jonson jonson FDA aprova uso emergencial da vacina da Johnson & Johnson

A FDA, a “Anvisa americana”, acaba de dar sua aprovação para o uso emergencial da vacina da Johnson & Johnson contra a Covid-19.

É o terceiro imunizante a receber essa autorização nos EUA. Em dezembro, as vacinas da Pfizer e da Moderna foram aprovadas pelo órgão americano.

A autorização de uso emergencial permite que a vacina seja distribuída em todo o território dos Estados Unidos e aplicada em indivíduos com 18 anos ou mais.

*Robson Xerife.

 


A Clinica Dr. Timbó está com atendimento em diversas especialidades, como:

* Cardiologia - Dr. Dimas
  • Consultas
  • Eletrocardiograma(ECG)
  • Ecocardiograma(ECO)
* Dermatologia - Dr Flavio
* Pediatria - Dr Portela
* Dentista - Dra. Anita
* Ultrassonografia - Dr. Faustino
* Nutricionista - Dra. Iana Melo
* Psicóloga - Dra Mônica Ximenes
* Psicólogo - Dr David Fernandes
* Ginecologista e Obstetra - Dr Emanuel Pequeno

* Dr Janssen Loiola - Especialidades:
  • Cirurgia Ancológica
  • Cirurgia Geral e Vídeolaparoscópia
  • Atendimento de lesões suspeitas ou malignas em cabeça e pescoço(Incluindo Tireoide, Parótida)
  • Mamas - Trato Digestivo - Pele - Partes Moles
  • Ginecológicas(Útero e Ovários)
  • Hérnia de parede abdominal e Doenças da Vesícula Biliar.
A clinica realiza ainda: 


* Exames de prevenção com a enfermeira Emilly, e Exames Laboratoriais, além do atendimento do Dr. Timbó na Geriatria(Médico de Idosos) e Clinico Geral.

Os agendamentos podem ser feitos através dos Número: (88) 9.8813-8533(Ligação e WhatsApp)

STF manda Ministério da Saúde voltar a pagar por 3.258 leitos de UTI em São Paulo

 parasitas do stf STF manda Ministério da Saúde voltar a pagar por 3.258 leitos de UTI em São Paulo


A ministra Rosa Weber, do Supremo Tribunal Federal (STF), concedeu liminar em ação ajuizada pelo estado de São Paulo para a retomada, pelo governo federal, do custeio de um total de 3.258 leitos de UTI destinados a pacientes de Covid-19 no estado.

O governo estadual havia ingressado com ação no dia 10 de fevereiro pedindo a manutenção do repasse que deixou de ser feito pelo Ministério da Saúde a partir de 2021.

Em dezembro, o Ministério da Saúde custeava 3.822 leitos de UTI em São Paulo, mas passou a subsidiar o funcionamento de apenas 564 leitos em 2021.

*Época

 Resultado de imagem para uniateneu

Butantan finaliza entrega de 3,9 milhões de doses da Coronavac ao Ministério da Saúde.

 vacina coronavac Butantan finaliza entrega de 3,9 milhões de doses da Coronavac ao Ministério da Saúde


O Instituto Butantan enviou, na manhã deste domingo (28), uma nova remessa de 600 mil doses da Coronavac, produzida em parceria com a Sinovac, para o Ministério da Saúde. A pasta será responsável por distribuir os imunizantes para os estados e municípios nesta semana. Com este carregamento, o Instituto finaliza a entrega de 3,9 milhões de doses em fevereiro.

Os envios começaram a ser feitos na terça-feira (23). Para garantir celeridade no processo, o Butantan dobrou seu quadro de funcionários, e a fábrica está trabalhando todos os dias para dar conta da demanda.

Novas entregas já estão previstas para a primeira semana de março. De acordo com o cronograma divulgado pelo próprio Instituto, 1,7 milhão de doses da vacina serão entregues nos próximos dias. O objetivo é que até 30 de abril sejam enviadas 46 milhões de doses, segundo o primeiro contrato firmado com o Ministério da Saúde.

Até 30 de agosto, a expectativa é que o Instituto Butantan consiga entregar 54 milhões de doses, de acordo com o segundo contrato. Ou seja, ao todo, serão enviadas 100 milhões de doses que participarão do Plano Nacional de Imunização.

A Coronavac responde por 90% dos imunizantes que estão sendo utilizados no combate à pandemia no Brasil.

O Ministério da Saúde elaborou um terceiro contrato, que ainda está sendo analisado pelo Butantan, pedindo outras 30 milhões de doses da Coronavac. A expectativa é que a resposta seja divulgada no começo de março.

*Robson Pires

 

Mega-Sena sai para um apostador que ganha 49 milhões

 Mega-Sena, concurso da  Mega-Sena, jogos da  Mega-Sena, loteria da  Mega-Sena


A Mega-Sena sai para um apostador do estado do Rio de Janeiro que ganhou prêmio de R$ 49.341.885,20 milhões. O sorteio foi realizado neste sábado (27) em São Paulo. As dezenas sorteadas foram: 02 - 03- 07 - 48 - 51 - 54.

A Quina teve 107 apostas e cada ganhador teve prêmio de R$ 38.652,61. A Quadra teve 6.601 apostas e cada ganhador levou prêmio de R$ 895,06.

*Agência Brasil.

 

Organização: Alexandra Araújo

-Rua Dona Leopoldina - N° 1280
Groaíras-ce
Telefones- (88) 98828-5456/(88) 99329-0700

Base de Alcântara deve começar a lançar orbitais no fim deste ano

 Instalações do Centro de Lançamento de Alcântara (CLA), no Maranhão.


Se por um lado o Brasil ainda depende de países como a Índia para o lançamento de satélites mais robustos, como o Amazônia 1, por outro nosso país está pronto para começar a lançar pequenos orbitais, a partir da Base de Alcântara, no Maranhão. Nove empresas já enviaram propostas para operar em Alcântara. Quatro delas são brasileiras. A operação pode começar já no fim deste ano.

De acordo com o presidente da Agência Espacial Brasileira, Carlos Moura, a operação só será possível graças à assinatura, em 2019, de um Acordo de Salvaguardas Tecnológicas com os Estados Unidos, que contém cláusulas para proteger a tecnologia norte-americana. Segundo ele, essas cláusulas são importantes pois cerca de 90% dos satélites do mundo utilizam tecnologia americana. “Assim, o Brasil entra no grupo seleto de países que conseguem por um satélite em órbita”, diz. Para Moura, a operação em Alcântara será um marco: “É o desenvolvimento de um setor econômico muito forte aqui no Brasil”.

Moura também abordou outros assuntos como a participação do Brasil no projeto Ártemis – para levar astronautas até a Lua – e as parcerias com universidades brasileiras. A entrevista completa você confere no Brasil em Pauta desse domingo, que vai ao ar na TV Brasil às 19h30.

Agência Brasil.
Edição: Valéria Aguiar

 

Porsche de chefe do PCC vai virar viatura de polícia em SP

Porsche de chefe da facção PCC vai virar viatura de polícia – #Acesse  Política | O site de política mais acessado da Bahia!

João Doria determinou que a cúpula da Segurança de São Paulo faça uma força-tarefa junto ao Poder Judiciário na tentativa incorporar aos bens do governo estadual, aeronaves e carros apreendidos com traficantes.

A ordem deu certo: em 30 dias o governador vai apresentar um Porsche Cayman que pertencia ao traficante Andre do Rap, um dos principais líderes do PCC e que foi preso pela Polícia Civil de São Paulo em Angra dos Reis.

A caranga do chefe do PCC vai agora servir de viatura para a Polícia Militar Rodoviária paulista.

*Coluna Radar - Veja.

sábado, 27 de fevereiro de 2021

 

Aneel mantém tarifa de bandeira amarela para março

 Linhas de transmissão de energia, energia elétrica.

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) informou hoje (26) que a bandeira tarifária permanecerá amarela no mês de março. Dessa forma, o consumidor pagará R$1,343 para cada 100kWh utilizados.

Em nota, a agência explicou que os reservatórios das hidrelétricas estão com volume reduzido, embora tenham ocorrido chuvas recentes nas bacias do Sistema Interligado Nacional (SIN). O valor extra das bandeiras é usado para custear o acionamento das usinas termelétricas, que custam mais para gerar energia.

Criado pela Aneel, o sistema de bandeiras tarifárias sinaliza o custo real da energia gerada, possibilitando aos consumidores o bom uso da energia elétrica. O cálculo para acionamento das bandeiras tarifárias leva em conta, principalmente, dois fatores: o risco hidrológico (GSF, na sigla em inglês) e o preço da energia (PLD).

As bandeiras tarifárias funcionam da seguinte maneira. As cores verde, amarela ou vermelha (nos patamares 1 e 2) indicam se a energia custará mais ou menos em função das condições de geração, sendo a bandeira vermelha a que tem um custo maior e a verde, o menor.

A agência recomenda que, diante da cobrança da tarifa amarela, os consumidores façam uso consciente dos aparelhos elétricos e evitem o desperdício de energia.

*agenciabrasil

 


A Clinica Dr. Timbó está com atendimento em diversas especialidades, como:

* Cardiologia - Dr. Dimas
  • Consultas
  • Eletrocardiograma(ECG)
  • Ecocardiograma(ECO)
* Dermatologia - Dr Flavio
* Pediatria - Dr Portela
* Dentista - Dra. Anita
* Ultrassonografia - Dr. Faustino
* Nutricionista - Dra. Iana Melo
* Psicóloga - Dra Mônica Ximenes
* Psicólogo - Dr David Fernandes
* Ginecologista e Obstetra - Dr Emanuel Pequeno

* Dr Janssen Loiola - Especialidades:
  • Cirurgia Ancológica
  • Cirurgia Geral e Vídeolaparoscópia
  • Atendimento de lesões suspeitas ou malignas em cabeça e pescoço(Incluindo Tireoide, Parótida)
  • Mamas - Trato Digestivo - Pele - Partes Moles
  • Ginecológicas(Útero e Ovários)
  • Hérnia de parede abdominal e Doenças da Vesícula Biliar.
A clinica realiza ainda: 


* Exames de prevenção com a enfermeira Emilly, e Exames Laboratoriais, além do atendimento do Dr. Timbó na Geriatria(Médico de Idosos) e Clinico Geral.

Os agendamentos podem ser feitos através dos Número: (88) 9.8813-8533(Ligação e WhatsApp)

Toffoli considera ilegal defesa da honra em casos de feminicídio

 O presidente do STF, Dias Toffoli, durante a solenidade de posse dos dos ministros da Justiça e Segurança Pública; da Advocacia-Geral da União no Palácio do Planalto

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Dias Toffoli decidiu hoje (26) considerar inconstitucional a aplicação da tese de legítima defesa da honra em processos criminais envolvendo feminicídio. A decisão individual do ministro foi motivada por uma ação protocolada pelo PDT. Na quinta-feira (5), o plenário da Corte vai decidir se referenda ou não a liminar de Toffoli.

Pela decisão, a tese da legítima defesa da honra é inconstitucional, por contrariar os princípios constitucionais da dignidade da pessoa humana, da proteção à vida e da igualdade de gênero.

No entendimento de Toffoli, a defesa de acusados também não poderá sustentar a legítima defesa da honra nas fases processuais e no julgamento do tribunal do júri.

“Apesar da alcunha de legítima defesa, instituto técnico-jurídico amplamente amparado no direito brasileiro, a chamada legítima defesa da honra corresponde, na realidade, a recurso argumentativo/retórico odioso, desumano e cruel utilizado pelas defesas de acusados de feminicídio ou agressões contra mulher para imputar às vítimas a causa de suas próprias mortes ou lesões, contribuindo imensamente para a naturalização e a perpetuação da cultura de violência contra as mulheres no Brasil”, decidiu o ministro.

*agenciabrasil

 Resultado de imagem para uniateneu

Brasil tem recorde de mortes por covid-19 pelo terceiro dia seguido

 Comércio de rua em Brasília.


O Brasil teve ontem (26) seu terceiro dia consecutivo com recorde diário de mortes por covid-19, na média móvel de sete dias, de acordo com o painel Monitora Covid da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). Foi registrada nesta sexta-feira (26) a média móvel de 1.152 óbitos, maior número desde o início da pandemia, acima dos 1.148 do dia anterior e dos 1.123 de quarta-feira (24).

A média móvel de mortes de ontem é 8,2% maior do que 14 dias antes (1.065 óbitos) e 9,2% superior ao total de um mês antes (1.055).

Os casos, também segundo a média móvel de sete dias, chegaram a 53.422 por dia, 17,5% acima do número de 14 dias antes (45.470) e 4% acima dos casos diários de um mês antes (51.356).

*agenciabrasil

 

Banco do Brasil ajuda estados e municípios a cobrar impostos via Pix

 Agência do Banco do Brasil


Contribuintes de pelo menos três estados e cinco municípios podem começar a pagar impostos via Pix. Com auxílio de uma tecnologia desenvolvida pelo Banco do Brasil (BB), os governos locais começam a cobrar tributos por meio do sistema instantâneo de pagamentos desenvolvido pelo Banco Central.

Segundo o Banco do Brasil, os governos do Acre, do Piauí e de São Paulo iniciaram a integração à nova tecnologia, que permite gerar um código QR (versão avançada do código de barras) que pode ser fotografado com a câmera do celular para pagar impostos por meio do Pix. Os municípios de Eusébio (CE), Linhares (ES), São José dos Campos (SP), Uberlância (MG) e Vila Velha (ES) também estão aderindo a solução.

Desde dezembro, as empresas que declaram débitos e créditos tributários podem quitar as contas com a Receita Federal pelo Pix. Os empregadores domésticos também podem pagar as guias do eSocial por meio do novo sistema.

No estado de São Paulo, o convênio entre o Banco do Brasil e a Secretaria Estadual de Fazenda permitirá o recolhimento via Pix de valores por meio do Documento de Arrecadação de Receitas Estaduais (Dare) e o pagamento do Imposto sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS). Multas e custas judiciais também poderão ser pagas pelo novo sistema.

A primeira cidade a arrecadar tributos pelo Pix foi Eusébio (CE), na região metropolitana de Fortaleza. Os contribuintes podem quitar o boleto do Imposto sobre a Propriedade Predial e Territorial Urbano (IPTU) de 2021 por meio da nova modalidade.

Para pagar os impostos, o contribuinte deve abrir o aplicativo de qualquer banco ou instituição financeira participante do Pix e apontar a câmera do celular para o Código QR. A transação é concluída em até 15 segundos.
Bancos diferentes

Em funcionamento desde novembro, o Pix permite pagamentos e transferências por pessoas ou empresas 24 horas por dia, sete dias por semana. As operações são instantâneas e podem ser feitas entre bancos diferentes.

Os clientes do Banco do Brasil podem usar o Whatsapp para cadastrarem chaves Pix e fazerem pagamentos e recebimentos pelo sistema. No caso dos pagamentos, basta o correntista enviar a foto do código QR ao aplicativo de mensagens. O assistente virtual do BB lê a imagem e completa a transação.

A tecnologia desenvolvida pelo Banco do Brasil também está sendo usada pelo grupo Energisa, que atende a consumidores de 11 estados. As distribuidoras estão incluindo gradualmente o código QR nas contas de luz. Em três meses, a novidade deve chegar a todos os 8 milhões de clientes do grupo.

*agenciabrasil

 

Organização: Alexandra Araújo
-Rua Dona Leopoldina - N° 1280
Groaíras-ce
Telefones- (88) 98828-5456/(88) 99329-0700

Satélite brasileiro será lançado na madrugada deste domingo

 lançamento do satélite 100% projetado no Brasil, Amazonia-1

Será lançado no início da madrugada deste domingo (28) o foguete que levará, consigo, o Amazonia 1 – o primeiro satélite de observação da Terra totalmente projetado, integrado, testado e operado pelo Brasil. O lançamento, previsto para ocorrer à 1h54 (horário de Brasília), será transmitido ao vivo pela Agência Brasil e pela TV Brasil.

O Amazonia 1 será colocado em órbita pela missão PSLV-C51, da agência espacial indiana Indian Space Research Organisation (ISRO). Com seis quilômetros de fios e 14 mil conexões elétricas, o satélite integra a Missão Amazonia 1, que tem, por objetivo, fornecer dados de sensoriamento remoto para observar e monitorar o desmatamento, especialmente na região amazônica, além de monitorar a agricultura no país.

“O satélite Amazonia 1, que é de sensoriamento remoto óptico, vai dar autonomia ao Brasil para melhor monitorar seus diversos biomas, seus mares e todos os alvos de interesses que temos, porque é um satélite que estará sob domínio completo do Brasil”, explica o presidente da Agência Espacial Brasileira, Carlos Moura, que acompanha comitiva na Índia. “O momento de um lançamento como esse é o coroamento de esforços que duram muitos anos, às vezes dezenas de anos. Para alguns profissionais, é o desafio da carreira. O Amazonia 1 coroa esse esforço do Brasil que vem lá de 1979, 1980, com a Missão Espacial Brasileira, de o país ser capaz de desenvolver o satélite próprio de sensoriamento remoto óptico”, disse Carlos Moura.


O satélite 100% brasileiro ainda no Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais, antes de embarcar para a Índia . - INPE - Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais

O Amazonia 1 vai gerar imagens do planeta a cada 5 dias. Sob demanda, poderá fornecer dados de um ponto específico em 2 dias – o que, segundo o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), ajudará na fiscalização de áreas que estejam sendo desmatadas, bem como na captura de imagens onde haja maior ocorrência de nuvens. De acordo com o instituto, o novo satélite possibilitará também o monitoramento da região costeira, de reservatórios de água e de florestas (naturais e cultivadas). Há, ainda, a possibilidade de uso para observações de possíveis desastres ambientais.
Olhar para dentro

Segundo o presidente da Agência Espacial Brasileira, tanto as missões que miram o ambiente terrestre como as que miram outros corpos celestes são de grande importância. “Os sistemas espaciais – os satélites que observam a Terra a partir de um ponto de vista privilegiado – nos permitem conhecer melhor os nossos oceanos, os nossos biomas, a nossa atmosfera, compreender melhor esse conjunto de fatores que fazem com que este planeta, até onde se saiba, seja o que contém as melhores condições de vida na forma como nós a conhecemos”, disse. "[Também é importante] se projetar para outros corpos celestes, tentando entender melhor como eles evoluíram e o que acontece com eles. Existem missões que procuram entender como ocorreu a evolução de outros corpos, se houve vida ou não, se eles têm componentes materiais que podem ser úteis para humanidade ou não”, acrescentou.
Missão Amazonia e Plataforma Multimissão

A Missão Amazonia pretende lançar, em data a ser definida, mais dois satélites de sensoriamento remoto: o Amazonia 1B e o Amazonia 2. “Os satélites da série Amazonia serão formados por dois módulos independentes: um módulo de serviço - que é a Plataforma Multimissão (PMM) - e um módulo de carga útil, que abriga câmeras e equipamentos de gravação e transmissão de dados de imagens”, detalha o Inpe.

Além de ajudar no monitoramento do meio ambiente, a missão ajudará na validação da Plataforma Multimissão como base modular para diversos tipos de satélites. Essa plataforma representa, segundo o Inpe, “um conceito moderno de arquitetura de satélites, que tem o propósito de reunir em uma única plataforma todos os equipamentos que desempenham funções necessárias à sobrevivência de um satélite, independentemente do tipo de órbita.”

Entre as funções executadas pela plataforma estão as de geração de energia, controle térmico, gerenciamento de dados e telecomunicação de serviço - o que possibilitará a adaptação a diferentes cargas úteis, além de reduzir custos e prazos no desenvolvimento de novas missões.

“Essa competência global em engenharia de sistemas e em gerenciamento de projetos coloca o país em um novo patamar científico e tecnológico para missões espaciais. A partir do lançamento do satélite Amazonia 1 e da validação em voo da PMM, o Brasil terá dominado o ciclo de vida de fabricação de sistemas espaciais para satélites estabilizados em três eixos”, informa o Inpe.

Entre os ganhos tecnológicos que a missão deverá render ao país, o Inpe destaca, além da validação da PMM, a consolidação do conhecimento do país no ciclo completo de desenvolvimento de satélites; o desenvolvimento da indústria nacional dos mecanismos de abertura de painéis solares, o desenvolvimento da propulsão do subsistema de controle de atitude e órbita na indústria nacional e a consolidação de conhecimentos na campanha de lançamento de satélites de maior complexidade.

*agenciabrasil

 

Polícia Civil incinera mais de uma tonelada de drogas apreendidas no Ceará



A Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE), por meio da Delegacia de Narcóticos (Denarc), realizou, na manhã desta sexta-feira (26), a incineração de cerca de uma tonelada de drogas apreendidas em ações policiais de 2013 até este ano. A queima dos entorpecentes acontece em uma cerâmica, situada no município de Aquiraz – Área Integrada de Segurança 13 (AIS 13) – Região Metropolitana de Fortaleza.

No total, serão incinerados 758,3 quilos de maconha, 16,3 quilos de crack, 126,5 quilos de cocaína e 28 quilos de pó branco, além de 838 comprimidos de ecstasy, 3.274 selos de dietilamida do ácido lisérgico (LSD), 147 comprimidos psicotrópicos, além de diversos esteróides anabolizantes, oito mudas de maconha, 90 gramas de metilenodioximetanfetamina (MDMA) e 41 frascos de lança-perfume. As drogas foram apreendidas em atuações da Polícia Civil, ocorridas entre os anos de 2013 e 2021, em operações desencadeadas nas cidades de Aquiraz, Barreira, Camocim, Caucaia, Chorozinho, Eusébio, Fortaleza, Iracema, Itaitinga, Maracanaú, Maranguape, Pacajus, Pacatuba, Paraipaba, Redenção, Tauá, Tianguá e Ubajara.

Compareceram na carbonização do material, o delegado Márcio Gutierrez do Departamento de Polícia Judiciária Especializada ; o diretor da Denarc, Alisson Gomes; representantes do Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE), da Vigilância Sanitária e peritos da Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce), além de policiais civis da unidade especializada no combate às drogas do Ceará.

Para Alisson Gomes, a incineração das drogas representa a conclusão do trabalho policial para impedir o tráfico de entorpecentes no Ceará. “Com a incineração, reforçamos que não adianta os criminosos insistirem neste tipo de crime, uma vez que a droga será, com certeza, apreendida pela Polícia. Esse material que eles tanto valorizam se tornará cinzas “, pontuou Alisson Gomes.
6,7 toneladas incineradas em 2020

Em 2020, 6,7 toneladas de drogas foram destruídas pela Polícia Civil do Ceará. Em outubro do ano passado foi realizada a maior incineração do Ceará, totalizando cerca de 5, 5 toneladas de entorpecentes queimados. Já a outra incineração de drogas ocorreu em julho de 2020, quando na ocasião 1,2 tonelada de entorpecentes foram queimados.

*www.ceara.gov.br


A Clinica Dr. Timbó está com atendimento em diversas especialidades, como:

* Cardiologia - Dr. Dimas
  • Consultas
  • Eletrocardiograma(ECG)
  • Ecocardiograma(ECO)
* Dermatologia - Dr Flavio
* Pediatria - Dr Portela
* Dentista - Dra. Anita
* Ultrassonografia - Dr. Faustino
* Nutricionista - Dra. Iana Melo
* Psicóloga - Dra Mônica Ximenes
* Psicólogo - Dr David Fernandes
* Ginecologista e Obstetra - Dr Emanuel Pequeno

* Dr Janssen Loiola - Especialidades:
  • Cirurgia Ancológica
  • Cirurgia Geral e Vídeolaparoscópia
  • Atendimento de lesões suspeitas ou malignas em cabeça e pescoço(Incluindo Tireoide, Parótida)
  • Mamas - Trato Digestivo - Pele - Partes Moles
  • Ginecológicas(Útero e Ovários)
  • Hérnia de parede abdominal e Doenças da Vesícula Biliar.
A clinica realiza ainda: 


* Exames de prevenção com a enfermeira Emilly, e Exames Laboratoriais, além do atendimento do Dr. Timbó na Geriatria(Médico de Idosos) e Clinico Geral.

Os agendamentos podem ser feitos através dos Número: (88) 9.8813-8533(Ligação e WhatsApp)

Cegás dá bônus de R$ 1,5 mil para incentivar uso de gás natural em veículos


A Companhia de Gás do Ceará (Cegás) disponibilizará, a partir desta segunda-feira (01/03), crédito de R$ 1.500,00 para os primeiros 166 proprietários de veículos que se cadastrarem para instalação do Kit GNV de 5ª geração ou superior, utilizando cilindros novos com certificado do Inmetro (Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia).

O programa é dirigido a todos os proprietários de veículos automotores, sejam pessoas físicas ou jurídicas, que possuam veículos emplacados no Ceará e que realizem a instalação do Kit GNV durante o período de vigência do incentivo. O bônus não será cumulativo com outros programas vigentes lançados pela Cegás. O regulamento e o Termo de Adesão estão disponíveis no site da companhia.

Diante da economia entre 35% e 50% por km rodado proporcionada pelo uso do GNV nos automóveis em substituição aos combustíveis líquidos, a medida visa fomentar também as atividades produtivas do estado neste momento de pandemia, já que empresas podem utilizar o combustível em suas frotas automotivas, assim como taxistas e motoristas de aplicativos de transporte.

O programa terá abrangência para todos os municípios do Ceará. As inscrições serão realizadas por meio do envio do Termo de Adesão (e seus anexos e eventuais retificações) para o e-mail callcenter@cegas.com.br. O envio também pode ser feito via Correios para o endereço da Cegás (Av. Washington Soares, 6475 – José de Alencar, Fortaleza-CE, CEP: 60830-005).

A confirmação do cadastro, após o envio do Termo de Adesão preenchido e assinado, ocorrerá por e-mail da CEGÁS para o inscrito. Após a confirmação, e mediante agendamento prévio pelo mesmo endereço de e-mail ou por meio do número 0800 280 0069, o beneficiário deverá comparecer à sede da Cegás para a verificação de todos os documentos exigidos no regulamento.
Serviço

Programa GNV

Regulamento e termo de adesão

Oficinas instaladoras/convertedoras homologadas pelo INMETRO: http://www.inmetro.gov.br/inovacao/oficinas/listagem.asp

Mais informações: callcenter@cegas.com.br ou pelo telefone 0800 280 0069, de segunda-feira a sexta-feira, das 8h às 17h.

*/www.ceara.gov.br

 Resultado de imagem para uniateneu

Leonardo Da Vinci chega a 150 UTIs para atendimento a Covid, com abertura de nova ala




O governador do Ceará, Camilo Santana, e o secretário da Saúde do Ceará, Carlos Roberto Martins Rodrigues Sobrinho (Dr. Cabeto), entregaram mais 20 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) no Hospital Estadual Leonardo da Vinci (HELV). O anúncio foi realizado nesta sexta-feira (26) durante transmissão ao vivo nas redes sociais.

A entrega amplia a capacidade de atendimento da unidade para pacientes com coronavírus. O HELV passa a contar, agora, com 150 leitos de UTI Covid-19. “São 20 leitos de UTI, novos, com toda equipe médica aqui já pronta para receber. Todos os equipamentos já preparados para atender os nossos pacientes do Ceará. Com isso, estamos passando de 130 leitos de UTI para 150 só aqui no Hospital Estadual Leonardo da Vinci”, ressalta o governador.

Com nova ala sendo reformada, outros 20 leitos devem ficar disponíveis em breve, aumentando o número de vagas em UTI para 170. “Nós estamos no andar de cima (do HELV) com outra obra. Serão mais vinte leitos de UTI que nós queremos inaugurar agora, já em março, o mais rápido possível”.

Camilo Santana destacou que a rede de saúde do Estado deverá contar com mais de mil leitos de UTI Covid-19 até o fim de março. “Queremos chegar, só no Leonardo (da Vinci) a 170. Com isso, estamos saindo de 680 leitos de UTI na segunda-feira e chegando a 710 leitos hoje (sexta-feira, 26) nos nossos hospitais e em nossos conveniados. Vamos continuar toda uma expansão. Deveremos chegar, na próxima semana, aos 811 leitos de UTI, conforme tínhamos anunciado e, até o final de março, ultrapassar os mil leitos em toda a rede do Ceará”, detalhou o governador.

Titular da Saúde do Ceará, Dr. Cabeto fez um apelo aos cearenses quanto à prevenção da doença, destacando a importância dos cuidados. “Cada um tem que fazer a sua parte e ninguém pode se eximir dessa responsabilidade. Nós temos visitado as UTIs diariamente, assistido os pacientes em vista da angústia dessas pessoas e dessas famílias. Nós precisamos, independentemente das determinações, trazer a responsabilidade para si, para que a gente possa colaborar”, sublinha o secretário.

Nova ala

Com uma área de aproximadamente 550 m², a ala entregue nesta sexta-feira (26) conta com o diferencial de um posto centralizado, permitindo a observação permanente dos pacientes, além das áreas de serviço e dois isolamentos, de acordo com o regulamento técnico RDC 50, que atende as edificações assistenciais de saúde.

Em março de 2020, no início da pandemia, o HELV foi requisitado à iniciativa privada pelo Governo do Ceará para somar aos equipamentos da rede estadual de saúde no tratamento de pacientes com Covid-19. Já em novembro do mesmo ano, o governador Camilo Santana anunciou a aquisição definitiva da unidade pelo Estado.

 

Governo assina ordens de serviço para retomada de obras no Ceará



O presidente Jair Bolsonaro participou hoje (26), em Tianguá, no Ceará, da cerimônia de assinatura das ordens de serviços para conclusão de três obras rodoviárias que estão paralisadas no estado. Os trabalhos serão conduzidos pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit).

O evento contou com a presença de ministros de Estado, parlamentares e autoridades locais. “Com uma equipe competente, com a ajuda do parlamento brasileiro, nós vamos vencer desafios e cada vez mais proporcionando a todos dias melhores. Acredito em Deus, acredito no povo brasileiro, que nós sim teremos como fazer um bom governo para todos vocês”, disse Bolsonaro, destacando o apoio entre Executivo e Legislativo na execução de obras.

Foi assinada nesta sexta-feira a autorização para a retomada das obras na travessia urbana do município de Tianguá, localizada na BR-222, que está paralisada desde 2011. O investimento do governo federal é de R$ 66,1 milhões para a execução dos serviços remanescentes de adequação de capacidade e eliminação de pontos críticos, englobando a duplicação da BR-222 na região, em um total de 6,52 quilômetros de extensão.

Também foi autorizado o início das obras dos novos traçados da rodovia, na cidade de Umirim e no distrito de Frios, paradas desde 2016. De acordo com o Ministério da Infraestrutura, o objetivo é redirecionar o tráfego de passagem no local, que atualmente conflita com o conglomerado urbano na região, além de eliminar trechos sinuosos, com curvas bastante acentuadas. O empreendimento receberá investimentos de R$ 16,7 milhões e tem prazo de 210 dias para conclusão.

Além dessas, será retomada a obra para a conclusão do viaduto que dá acesso à cidade de Horizonte, na BR-116, paralisada desde 2018. Orçada em R$ 5,2 milhões, o viaduto eliminará os pontos críticos na região metropolitana de Fortaleza, permitindo o acesso à cidade e o retorno da rodovia federal. A via será utilizada somente pelos veículos provenientes da BR-116, ao norte, que se destinam à área urbana do município e pelos veículos que saem de Horizonte e passam pela BR-116, com destino ao sul.

À tarde, ainda no Ceará, o presidente Bolsonaro também visita as obras do anel viário de Fortaleza e de duplicação de trecho da BR-222, que liga o município de Caucaia ao Porto de Pecém. Com investimento total de R$ 182,3 milhões, a obra contará com a implantação de novas pontes, substituição de pontes existentes, viaduto sobre a linha férrea e passarelas de pedestres.

De acordo com o Ministério da Infraestrutura, a duplicação é aguardada, principalmente, pelos caminhoneiros, pois deve melhorar a conexão entre os Portos do Mucuripe e do Pecém, reduzindo acidentes e o tempo de viagem.

*agenciabrasil