Blog do Tidi

Blog do Tidi

quarta-feira, 28 de junho de 2017

Odorico Monteiro acompanha governador em missão internacional


O deputado federal, Odorico Monteiro, cumpre missão oficial em Paris, na condição de pesquisador especialista da Fiocruz Ceará e membro da Comissão de Inovação em Saúde da Câmara dos Deputados, em comitiva formada pelo governador, Camilo Santana, pela presidente da Fiocruz, Nísia Trindade, pelo vice-presidente, Mário Moreira e pelo secretário de saúde do estado, Henrique Javi.

Nesta quarta, dia 28 de junho, a comitiva será recebida pelo presidente do Instituto Pasteur, na França, Dr. Christian Bréchot. O objetivo da visita é apresentar o Pólo Industrial e Tecnológico da Saúde no Eusébio, como potencial área de instalação para uma unidade do Instituto Pasteur. O Governado do Estado do Ceará fará uma explanação sobre investimentos empregados pelo Governo na criação de uma zona de pesquisa, desenvolvimento e produção para a área da Saúde.

O deputado federal, Odorico Monteiro, é médico e foi gestor da saúde por 25 anos ininterruptos, um entusiasta da idéia de transformar o Ceará em um pólo de pesquisa e inovação tecnológica em saúde. Ele conta que há dez anos, ao lado do então governador, Cid Gomes, do médico, Carlile Lavor, e de outros pesquisadores cearenses conceberam o projeto de trazer para o Ceará uma unidade da Fiocruz, e esse sonho, é hoje, uma realidade. Agora é hora de ampliar ainda mais essa conquista trazendo para o estado o renomado Instituto Pasteur.

O Instituto Pasteur é uma fundação francesa privada, sem fins lucrativos, dedicada ao estudo da biologia dos microorganismos, das doenças e vacinas. Seu nome é uma homenagem a Louis Pasteur, seu fundador e primeiro diretor, que, em 1885, produziu a primeira vacina contra a raiva. O Instituto foi fundado em 4 de junho de 1887, com recursos de doações, e inaugurado em 14 de novembro de 1888. Baseada em Paris depois de mais de um século, o Instituto Pasteur tornou-se uma organização internacional, mantendo uma posição de vanguarda na pesquisa científica de doenças infecciosas. Esteve na origem de descobertas revolucionárias que permitiram à medicina controlar doenças tais como difteria, tétano, tuberculose, poliomielite, gripe, febre amarela e a peste epidêmica. Foi também a primeira instituição a isolar, em 1983, o VIH, vírus que provoca a AIDS. Atualmente o Brasil conta com uma unidade do Instituto Pasteur no estado de São Paulo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário