quarta-feira, 7 de junho de 2017

CÂMARA DA PROPINA


Além do atual presidente da Câmara, Rodrigo Maia, sete antecessores foram citados na Lava Jato – os dois mais recentes (Eduardo Cunha e Henrique Alves) estão presos.
Aécio Neves foi denunciado e Michel Temer também será.
O Antagonista
Via Sobral de Prima

Nenhum comentário:

Postar um comentário