sexta-feira, 5 de maio de 2023

Cláudio Pinho ressalta investimentos da Prefeitura de Fortaleza na área da saúde

Deputado Cláudio Pinho (PDT) - Foto: Junior Pio


O deputado Cláudio Pinho (PDT) ressaltou, durante o primeiro expediente da sessão plenária da Assembleia Legislativa do Ceará, nesta quinta-feira (04/05), os investimentos da Prefeitura de Fortaleza na área da saúde do município e cobrou diálogo entre o município e o Estado pelo bem da população.

O parlamentar rebateu críticas à saúde da Capital cearense. Ponderou que Fortaleza está com a saúde sobrecarregada por atender não apenas a demanda da população do município, mas por receber pessoas de todo o Ceará. Cláudio Pinho ressaltou, no entanto, que o prefeito de Fortaleza, José Sarto, tem feito um importante trabalho na área, como o lançamento recente de um pacote de mais de R$ 130 milhões.

“Dinheiro que será investido na construção de 16 novos postos de saúde, reforma de mais 96 postos, requalificação total de oito unidades, quatro novos Caps, sendo dois infantis e dois de atendimento geral, reestruturação de seis UPAs municipais, nove farmácias pólo, e chamamento de médicos para a atenção primária de saúde”, elencou Cláudio Pinho.

O deputado destacou ainda o anúncio da Prefeitura de Fortaleza de que disponibilizará atendimento de emergência, com pediatras em 21 postos de saúde da Capital, sem agendamento, nos meses de maio e junho. “Outra medida para otimizar os atendimentos pediátricos foi a ampliação do hospital infantil de 20 leitos e colocar à disposição um contrato que a prefeitura tem com o Sopai para, se necessário, atender e fazer o internamento em mais 20 leitos”, informou.

Cláudio Pinho ressaltou ainda que o município convocou, em abril, 89 médicos para atuarem na atenção primária, além da convocação de 295 profissionais através de concurso público para a área da saúde, sendo 58 para atuação da rede de atenção psicossocial e 237 para o Instituto Doutor José Frota (IJF), hospital que atende a todos, e 50% do seu atendimento é para pessoas do Interior”, apontou o deputado, entre outras iniciativas da prefeitura da Capital.

O deputado pediu ainda que equipes municipal e estadual de saúde se reúnam para trabalhar as demandas comuns da área e que as discussões políticas sejam deixadas de lado. “Vamos deixar para discutir eleições municipais em meados do próximo ano, pelo bem da população. A saúde não tem lado, não tem partido. Vamos ter coerência, fazer discurso é fácil, mas o que resolve é o trabalho”, disse.

Os investimentos na saúde municipal por parte do Estado e da União também foram cobrados pelo parlamentar. Como explicou, o investimento em saúde é participativo, vindo dos governos federal, estaduais e municipais. “Segundo os dados do Tesouro Nacional, Fortaleza é o quarto município do país que mais investe em saúde pública. Então, suplico por um encontro entre o governador Elmano e o prefeito Sarto e seus secretários de saúde para ver o que podemos fazer para avançar na saúde da população”, assinalou.

O deputado Antônio Henrique (PDT), em aparte, corroborou sobre a importância de diálogo entre a Prefeitura de Fortaleza e o Governo do Ceará, a fim de resolver os problemas na saúde da população. “Se levar esse problema adiante, quem vai perder com tudo isso é a população de Fortaleza”, ponderou.

*ALECE
Edição: AdrianaThomasi

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Prefeitura de Tauá