quarta-feira, 15 de maio de 2024

Romeu Aldigueri avalia cobrança da Taxa do Lixo de Fortaleza

Deputado Romeu Aldigueri (PDT) - Foto: Junior Pio

O deputado Romeu Aldigueri (PDT) avaliou, durante as explicações pessoais da sessão plenária da Assembleia Legislativa do Estado do Ceará, nesta terça-feira (14/05), a cobrança da Taxa do Lixo em Fortaleza, um ano após o início da cobrança.

Para ele, a taxa não deveria existir, uma vez que o cidadão de Fortaleza já paga outros tributos que podem subsidiar o manejo de resíduos sólidos. “Acredito que foi uma vontade e determinação política a criação dessa nova taxa e colocá-la em prática. Cabe ao gestor municipal atual e à câmara de vereadores observarem o que aprovaram”, disse.

Na avaliação do líder do Governo na Alece, um ano após o começo da taxação, não mudou nada para o fortalezense, mesmo com os milhões de reais arrecadados com a Taxa do Lixo. “Não temos nenhum programa efetivo de coleta seletiva de resíduos sólidos, nenhum programa piloto nos mais de cem bairros de Fortaleza para mostrar para onde está indo esse dinheiro”, pontuou.

*ALECE
Por Gleydson Silva
Edição: Lusiana Freire

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Prefeitura de Tauá