Blog do Tidi

Blog do Tidi

segunda-feira, 3 de julho de 2017

Mauro Benevides homenageado no Beco do Cotovelo em Sobral









Com a presença de diversos populares, políticos e autoridades, o Becco do Cotovelo, em Sobral, foi palco de uma justa e merecida homenagem ao ex-senador, Mauro Benevides, na manhã deste sábado, 01 de Julho, no Programa Show do Ivan Frota, e abrindo as programações de aniversário da Princesa do Norte.

O evento foi uma promoção do Escritor Cesar Barreto, com apoio do Show do Ivan Frota, Revista Alternativa e Associação amigos do Becco.

A condecoração “Poeta do Becco” entregue ao ex-Senador Mauro Benevides faz justiça e simboliza o reconhecimento dos sobralenses a um dos mais respeitados e íntegros políticos da história do Ceará e do Brasil.

O evento contou com as presenças do ex-governador Cid Gomes – a quem coube fazer a saudação ao homenageado, do prefeito de Sobral Ivo Gomes, da prefeita de Icó Laís Nunes, do prefeito de Frecheirinha Carleone Júnior, do prefeito de Reriutaba Osvaldo Neto, do prefeito do Ipu Sérgio Rufino, do prefeito de Santa Quitéria Tomás Figueiredo, do Prefeito de Acaraú, Alexandre Gomes, do Prefeito de Alcantaras, Joaquim do Quinca, do Secretário da Fazenda, Mauro Filho, dos deputados Leônidas Cristino, Aníbal Gomes, Raimundo Gomes de Matos, Carlos Matos, Manoel Duca da Silveira, do ex-deputado Rogério Aguiar, do ex-senador Luís Pontes, dentre outros.

Perfil do homenageado:

Filho de Carlos Eduardo Benevides, que fora deputado estadual, Mauro é formado em Letras pela Faculdade Católica de Filosofia e Direito pela Universidade Federal do Ceará. Foi colunista de jornais como Tribuna do Ceará, Correio Braziliense e Jornal de Brasília. Iniciou sua carreira política como vereador de Fortaleza pelo antigo PSD em 1955. Em 1959 elege-se deputado estadual do Ceará, mantendo-se por quatro mandatos seguidos. Foi presidente da Assembléia Legislativa do Estado. Com o bipartidarismo imposto pelo Ato Institucional Número Dois em 1966, filiou-se ao MDB, assumindo a presidência do diretório regional em 1969, após a cassação do então presidente, José Martins Rodrigues. Ocuparia este cargo por 27 anos.

Elegeu-se senador em 1974. Convidado pelo governador Franco Montoro ocupou uma diretoria do Banco do Estado de São Paulo (1983-1985) e presidente do Banco do Nordeste no primeiro ano do governo José Sarney (1985-1986) até que foi eleito para o segundo mandato de senador em 1986. Foi vice-presidente da Constituinte e segundo signatário da nova Carta Magna. Foi presidente do Senado (1991-1993), período em que ocorreu o processo de impeachment do então presidente Fernando Collor.

Disputa uma vaga para a Câmara dos Deputados em 1998, obtendo a suplência. Assume o mandato temporariamente por alguns períodos entre 1999 e 2003. A poucos dias do fim da legislatura, em 16 de janeiro de 2003 foi efetivado no mandato em lugar de Pinheiro Landim. Nas eleições de 2002 concorre e novamente obtém a suplência. Assume o mandato definitivamente em 1º de janeiro de 2005, com a renúncia de Roberto Pessoa, eleito prefeito de Maracanaú. Em 2006 elege-se efetivamente deputado federal do Ceará. Mais uma vez, em 2010, Mauro Benevides elege-se deputado federal.

Em 2014, foi candidato a deputado federal novamente pelo PMDB, em coligação diferente da que lançou seu filho, Mauro Filho, para o Senado pelo PROS. No entanto, ao obter 60.201 votos, ficou como primeiro suplente.

Dos seus seis filhos com sua esposa Maria Regina, três seguiram a carreira política: Régis Benevides, foi vereador em Fortaleza; Carlos Benevides, foi deputado federal; e Mauro Benevides Filho, foi deputado estadual, e hoje ocupa a Secretaria da Fazenda do estado.

*Colaborou Sobral de Prima.

Nenhum comentário:

Postar um comentário