terça-feira, 23 de junho de 2020

Gratificação proposta pelos vereadores de Reriutaba e que abrange todos os servidores do município é aprovada

Reriutaba – Viajando Todo o Brasil

Para desgosto do prefeito municipal e seu pequeno grupo apoiador, a sessão extraordinária que aprovou a gratificação para todos os servidores de Reriutaba aconteceu na tarde desta segunda (22) de forma remota e contou com o voto à favor dos 6 vereadores da oposição.

Enquanto isso, os vereadores que apoiam o prefeito se negaram a votar. A presidente da câmara, segundo fontes, por orientação do prefeito Osvaldo Neto, não compareceu a sessão virtual, negando assim seu apoio ao benefício idealizado para os servidores.

O discurso negacionista do prefeito é de que não tem dinheiro, o que é contestado pela oposição, que afirma "é de conhecimento público que este tem sido o período que a prefeitura mais tem recebido verba por conta da pandemia."

O projeto de lei seguirá agora a sanção do prefeito Osvaldo Neto, que pode sancionar ou vetar.

JUSTIFICATIVAS PARA NÃO APROVAR


Como a sessão não contou com a presença da presidente da câmara, isso poderá ser usado como argumento para invalidar a sessão. O segundo ponto é o negacionismo do prefeito, que poderá vetar, neste caso o veto será desfeito pelos vereadores da oposição que querem o benefício para os servidores.

Os vereadores Galego Honório, João Veras, Luizinho da Carnaúba, Lulúcia, Socorro Hermínio e Tarciano Castro, todos do PSB/40, também estão aguardando a sessão do dia 25 de junho para apreciar e aprovar o projeto de lei que versa sobre o 14.º salário. Caso isso aconteça, os servidores da saúde terão seu reconhecimento em forma dos dois benefícios, gratificação e 14.º salário.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Prefeitura de Tauá