terça-feira, 23 de junho de 2020

COVID-19: Vacina de Oxford começa a ser testada em profissionais de saúde de SP

Foto: Marcos Moura.


Os testes da vacina ChAdOx1 nCoV-19, liderada globalmente pela Universidade de Oxford, no Reino Unido tiveram início em São Paulo. A confirmação da notícia se deu na segunda-feira, 22, pela Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) e a Fundação Lemann.

A vacina é uma das 141 candidatas cadastradas na Organização Mundial de Saúde (OMS) e está entre as 13 que já estão em fase clínica de testes em humanos no mundo. Os testes começaram na sexta-feira, 19, segundo o Centro de Referência para Imunobiológicos Especiais (CRIE) da Unifesp, que coordena a aplicação da vacina em São Paulo.

Pelo menos 5 mil profissionais da saúde participarão das testagens no Rio de Janeiro e em São Paulo, de acordo com a Universidade de Oxford. A Unifesp ainda pontuou que, na capital paulista, o Hospital São Paulo está responsável pela análise do perfil dos profissionais de saúde aptos a receberem o teste da vacina.


Em nota, a Fundação Lemann, uma das financiadoras do projeto no Brasil, celebrou o início dos testes no país e disse que ainda há um longo caminho a ser percorrido até que resultados positivos sejam conhecidos. “Há muitas pessoas e organizações trabalhando colaborativamente para o sucesso e, junto delas, esperamos dar nossa contribuição para que a pandemia seja superada, com foco e atenção ao Brasil e sua gente, nosso maior compromisso”.

*Focus.jor

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Prefeitura de Tauá