quarta-feira, 1 de fevereiro de 2023

Nos 15 anos do Samu 192 Ceará, 20 novas ambulâncias chegam para renovar a frota





Serviço de Atendimento Móvel de Urgência já atendeu 538 mil ocorrências em todo o território cearense

Atuando há 15 anos no Samu Ceará, o médico intervencionista Gilson Melo diz que é na rua, no atendimento ao cidadão, que ele se sente realizado profissionalmente. Para apoiar profissionais como Gilson e garantir atendimento ágil e de qualidade aos cearenses, o governador Elmano de Freitas entregou, na manhã desta terça-feira (31), em Fortaleza, 20 novas ambulâncias ao Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu 192) Ceará. A entrega contou com as presenças de profissionais da saúde, da vice-governadora Jade Romero, secretária da Saúde do Ceará, Tânia Coelho, e outras autoridades, entre deputados e prefeitos.

“Eu me sinto feliz por ter a oportunidade de atuar no Samu Ceará desde o primeiro dia, em 2008. Já estive em todos os setores, na regulação, na parte de ensino e educação, na gestão, mas nunca deixei a rua, porque é lá que eu vejo necessidade maior de uma qualificação para atender as pessoas que estão numa situação crítica de saúde. Agradeço demais as novas ambulâncias, que são bem equipadas para a gente prestar atendimento de excelência”, pontuou Gilson.



Gilson é médico intervencionista do Samu Ceará há 15 anos

Dos novos veículos que chegam para renovar a frota, 14 são do tipo Unidade de Suporte Avançado (USA), a UTI Móvel, e foram comprados pelo Governo do Ceará. As outras seis ambulâncias foram adquiridas pelo Ministério da Saúde, sendo duas USAs e quatro do tipo Unidade de Suporte Básico (USB).

Ao relembrar a implantação do Samu em todo o Brasil, o governador defendeu a importância de investimento contínuo para ampliar a estrutura e valorizar os profissionais. “Com essa entrega, cobrimos 100% do território cearense. Temos o Samu com a maior cobertura do pais, com nossos 183 municípios. Aguardamos mais 35 ambulâncias para distribuir em nosso estado. Ter mais Samu representa mais condição de proteger a vida do povo cearense. São muitas vidas salvas e sofrimentos atenuados graças à atuação do Samu. Nosso compromisso é fortalecer o Samu Ceará, para continuar sendo o maior e melhor do Brasil. Com o novo Ministério da Saúde, vamos poder realizar ações comuns”, afirmou.



O Samu Ceará teve início em 2008, atuando em 14 municípios. Em 2020, atingiu 100% do território cearense. É o serviço com maior cobertura geográfica do Brasil. São 183 municípios atendidos, com exceção de Fortaleza, onde o serviço é municipalizado. Em 15 anos, foram atendidas 538 mil ocorrências em todo o Ceará.

“Nós precisamos muito dos profissionais do Samu, que são altamente qualificados, e ofertam serviço de qualidade. Nossas equipes realizam cerca de cem atendimentos diários e três mil por mês. Nós só temos a agradecer”, complementou a titular da Saúde, Tânia Mara.



Desde abril de 2022, o Samu Ceará, que tem gestão tripartite (federal, estadual e municipal), é gerido no estado pela Fundação Regional de Saúde (Funsaúde), órgão da administração indireta do Estado, vinculado à Secretaria da Saúde. Por sua natureza jurídica, a Funsaúde garante melhor eficiência administrativo-financeira e gestão de pessoal.

Superintendente do Samu Ceará, Nilson Mendonça Filho falou sobre os recentes ganhos de efetividade. “Nós dobramos a frota de ambulâncias rodando no estado, com melhoria no monitoramento. Conseguimos ter avanços tecnológicos voltados para a assistência. Também conseguimos melhorar o tempo de atendimento à população, diminuindo o tempo de atendimento de UTI Móvel e Unidade Básica. São avanços muito importantes “, explicou.



Ainda sobre a cobertura estadual, o Samu 192 Ceará possui, atualmente, três Centrais de Regulação das Urgências (CRUs): a CRU Eusébio, regulando as Regiões de Saúde de Fortaleza, Litoral Leste/Jaguaribe e Sertão Central; a CRU Juazeiro do Norte, que regula a Região de Saúde do Cariri; e a CRU Sobral, atendendo à Região de Saúde de Sobral. Ao todo, são 121 Bases de Apoio e 166 unidades móveis, sendo três de resgate aeromédico, 29 Unidades de Suporte Avançado (USAs), 131 Unidades de Suporte Básico (USBs) e três motolâncias.



Atendimento 24 horas

O serviço funciona 24 horas por dia com equipes multiprofissionais de saúde, formada por médicos, enfermeiros, auxiliares de enfermagem, socorristas e outros profissionais, que prestam o socorro em qualquer lugar, seja ele privado (residências, locais de trabalho etc.) ou público (vias públicas), após chamada gratuita, feita através do número 192. Ao todo, são 1.916 profissionais. São condutores socorristas, distribuídos em 121 bases por todo o Ceará.

São profissionais como o analista de sistemas Marcelo Lomônaco, que há 15 anos trabalha no Samu Ceará, dando todo o suporte operacional necessário. “É muito trabalho, dia e noite, não para. Temos que estar disponíveis para que o sistema funcione e o 192 atenda. São 15 anos assim, e eu me sinto orgulhoso. O suporte da gente salva vidas”, disse Marcelo.



O analista de sistema Marcelo atua no suporte operacional do Samu Ceará

Na sequência do telefonema, um médico regulador faz o diagnóstico da situação e inicia o atendimento no mesmo instante em que o Samu 192 recebe a ligação. Esse profissional orienta o paciente ou a pessoa que fez a chamada sobre as primeiras ações que podem ser tomadas, como a prestação de primeiros socorros ou imobilização da vítima, a depender da gravidade do caso. Nos casos mais graves, o paciente é transferido em uma ambulância com UTI (Unidade de Suporte Avançado). O médico comunica a urgência ou emergência aos hospitais públicos ou Unidades de Pronto Atendimento (UPAs 24h) e garante dessa forma atendimento rápido com menos riscos de sequelas e redução de óbitos.

A agilidade no socorro passa pelas mãos de condutores como a técnica de enfermagem Claudevania Silva, que faz parte da equipe do Samu há 9 anos. “Eu me emociono. É uma atividade que me deixa muito feliz pela importância que tem”, avaliou Claudevania.



Claudevania se dedica para o atendimento ágil e de qualidade ao cidadão

Os atendimentos realizados são de naturezas diversas, como vítimas de acidentes de trânsito, de ferimentos por arma de fogo e armas brancas, quedas, choque elétrico, afogamento e intoxicação. Atende, ainda, pacientes vítimas de Infarto Agudo do Miocárdio (IAM), de Acidente Vascular Cerebral (AVC) e crises convulsivas e realiza atendimento pré-hospitalar de pacientes com insuficiência cardíaca e crise diabética.

Responsável por gerenciar a base de Maracanaú, a técnica de enfermagem Janete Rocha também fala do orgulho de trabalhar há 15 anos para garantir assistência com dignidade ao cidadão. “Eu entrei quando o Ceará só tinha uma unidade, que atendia a 14 municípios. Hoje, temos o estado inteiro contemplado com um serviço de excelência. Como servidora e pessoa que já precisou do serviço, posso afirmar, com toda certeza do meu coração, que é gratificante fazer parte dessa história. No momento de mais necessidade, no mais difícil, o cidadão encontrará uma equipe para atendê-lo”, frisou.

O Samu também é acionado para a realização de atendimento de casos gineco-obstétricos, como trabalho de parto e aborto; atua no atendimento médico de urgências psiquiátricas; efetua transferências hospitalares de pacientes graves que necessitam de remoção em UTI móvel entre os municípios.

Homenagem


Na entrega das ambulâncias, profissionais, representando as equipes, receberam homenagens pelos serviços prestados aos cearenses: Raimunda Frota, Maria José de Almeida, Gerilandes do Nascimento, Marcelo Lomônaco, Gilson Melo Pinheiro e Francisca Rabelo.



Presentes

Também prestigiaram a entrega, Augusta Brito, deputa estadual e senadora da República eleita; Fernando Santana, deputado estadual e vice-presidente da Assembleia Legislativa do Ceará; Manoel Pedro Guimarães, diretor-presidente da Funsaúde; Sandra Monteiro, secretária da Ciência, Tecnologia e Educação Superior; Nelson Martins, assessor especial de Relações Institucionais do Governo do Ceará; Oriel Nunes; futuro secretário da Pesca e Aquicultura; coronel Cláudio Barreto, futuro comandante-geral do Corpo de Bombeiros Militar do Ceará; e outras autoridades.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Prefeitura de Tauá