segunda-feira, 17 de julho de 2017

Irmãos de 8 e 10 anos são assassinados na zona rural de Viçosa do Ceará


A morte de duas crianças abalou moradores da pequena localidade de Inharim, no município de Viçosa do Ceará, na Serra da Ibiapaba. Francisco da Silva Cordeiro, 10 e o irmão Iracione Almeida Cardoso, 8, haviam saído de casa no início da manhã deste domingo (16) para dar comida aos porcos, e demoraram a retornar para casa.

O pai dos meninos resolveu procurá-los e encontrou os filhos ao chão, com vários ferimentos. O garoto de 8 anos ainda chegou a ser levado com vida para atendimento no Hospital de Viçoca do Ceará, mas não resistiu a gravidade dos ferimentos.

De acordo com policiais que atenderam a ocorrência, os irmãos teriam sido atacados a facadas, mas ainda não se sabe o motivo.

Polícia captura três suspeitos. 
Um dos suspeitos confessou o crime, mas alegou que estava drogado

Dois homens adultos e um adolescente foram capturados neste domingo (16) após horas de buscas feitas pela Polícia Militar na zona rural do Município de Viçosa do ceará. Os três são suspeitos de participação no assassinato de duas crianças. Os irmãos, Iracione e Francisco da Silva Almeida Cardoso, de 8 e 10 anos, respectivamente, foram assassinados a golpes de faca.

Segundo a Polícia, um dos acusados do crime confessou participação no assassinato mas afirmou que na hora estava drogado e que não lembra o que aconteceu. Os outros dois, incluindo o menor, negam. Com a prisão do trio, a Polícia espera elucidar o caso o mais rápido possível, já que a população de Viçosa do Ceará está revoltada.

Por medida de segurança, os três suspeitos foram transferidos para a cidade de Tianguá, onde permanecem na Delegacia Regional de Polícia Civil, mas é possível que eles sejam trazidos para Fortaleza, já que o clima é de muita revolta na região em decorrência do crime.

Os corpos dois irmãos foram encaminhados ao Núcleo da Perícia Forense do Ceará (Pefoce) da cidade de Sobral, onde os legistas deverão também verificar se os garotos sofreram abuso sexual.

Fonte: Ceará News / Fernando Ribeiro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário